• Assinantes
  • Autenticação
  • Direitos Humanos

    Associação Metodista de Ação Social de JF Associação atende pessoas carentes desde 1930 e atualmente
    está construindo um lar para 70 idosos


    Guilherme Oliveira
    Colaboração
    08/08/07

    A Associação Metodista de Ação Social de Juiz de Fora (AMAS-JF) realiza atividades sociais desde 1973, mas sua contribuição para as pessoas carentes da cidade teve início bem antes, em 1930, quando ainda era classificada como Comissão de Ação Social.

    A associação tem como carro chefe o auxílio a idosos, tanto que está em construção o Lar Metodista Casal Benício e Angelina Pereira, no bairro Recanto dos Lagos, que deve comportar 70 idosos. O objetivo é que as obras terminem em 2008, mas para isso vai depender das contribuições que a AMAS receber.

    Dentre os projetos sociais que a associação fornece à comunidade, está o auxílio para que pessoas sem condições financeiras retirem documentos de identidade e a entrega de medicamentos e alimentos. Atendimento a gestantes e o projeto Um dia com Jesus são algumas das outras atividades sociais que a população de baixa ou nenhuma renda podem usufruir, além do auxílio espiritual.

    Importância do auxílio
    Lindalva Nunes Algumas famílias atendidas contam com visitas em suas residências. A assistente social, Lindalva Nunes de Queiroz (foto ao lado), que trabalha na associação desde 2000, ressalta a importância desse auxílio. "Orientamos sobre higiene, economia, gastos domésticos. Informamos sobre o bolsa família, seus direitos. Questões que muitos não sabem", diz.

    Presidente desde 1997 da AMAS-JF, Iêda Rocha reconhece a importância da ajuda ao próximo, mas sabe que a associação depende de contribuições, já que existe, como ela diz, muita gente sem lugar para ficar e dormir. "Teve natal que distribuímos mil cestas básicas. No primeiro domingo de cada mês os membros da igreja trazem mantimentos", conta Iêda que avalia a real situação das pessoas que procuram a associação. "No caso de medicamentos, a pessoa que precisar de algum, deve trazer a receita médica", lembra.

    As gestantes carentes também recebem apoio. O Projeto Mala do bebê, realizado pela Sociedade Metodista de Mulheres da Igreja central, fornece um pequeno enxoval para as mães, que também recebem palestras. "Em média são 15 enxovais por mês", diz Lindalva.

    Outro projeto, Um dia para Jesus, atende as comunidades dos bairros Itatiaia, Linhares e Grama. As comunidades locais recebem atendimento médico, odontológico e orientação jurídica*.


    Foto da casa em construção Foto da casa em construção Foto de uma faixa pedido ajuda para a casa dos idosos

    A AMAS-JF, fica na Rua Marechal Deodoro, 700, (entrada pelo estacionamento da Igreja Metodista), centro. O telefone é (32) 3215-7703. A Associação atende de 2ª a 6ª feira, exceto 4ª feira, no período entre 13h e 17h. Os pedidos de documentos são feitos somente às segundas-feiras.

    *Dia 18 de agosto o programa vai acontecer no bairro Itatiaia

    *Guilherme Oliveira é estudante de Comunicação Social da UFJF

    O melhor provedor de internet de
    Juiz de Fora

    ACESSA.com

    Banda larga na sua casa a partir de R$29,90

    Conheça nossos planos

    (32) 2101-2000

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.