SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O presidente da CNI (Confederação Nacional da Indústria), Robson Braga de Andrade, manifestou apoio à permanência de Josué Gomes da Silva na presidência da Fiesp.

Desde a semana passada, Josué enfrenta a resistência de um grupo de sindicatos da base da federação, que votou por sua destituição do cargo, medida que é contestada por apoiadores do empresário.

"Ele tem toda a capacidade, além do respeito e do reconhecimento de seus pares, para trabalhar e elevar o potencial das indústrias paulistas e do Brasil ao patamar desejável para o crescimento e para o desenvolvimento do país", escreveu Robson Andrade em carta de apoio enviada a Josué no sábado (23).

A mensagem diz ainda que "a CNI respeita o estado democrático de direito, e os processos legais de escolhas de presidentes e de líderes para cumprir, pelo voto, a vontade da maioria".