Juiz de Fora - MG

Terça-feira, 28 de setembro de 2010, atualizada às 11h04

Vantagem de Dilma diminui e possibilidade de segundo turno aumenta, aponta Datafolha

Clecius Campos
Repórter

Pesquisa Datafolha divulgada nesta terça-feira, 28 de setembro, aponta um aumento na possibilidade de segundo turno para a eleição presidencial. A candidata do PT, Dilma Rousseff, aparece com 46% das intenções de votos, José Serra (PSDB) com 28% e Marina Silva (PV) com 14%. Votos brancos e nulos somaram 4% e indecisos 7%. Os demais candidatos não chegaram a ter 1% cada um.

Considerando-se os votos válidos, Dilma aparece com 51%, o que daria a vitória à coligação encabeçada pelo PT. Entretanto, a margem de erro de 2% coloca a candidata em situação de cautela, oscilando entre 49% e 53%. Ela precisa de 50% dos votos mais um para ser eleita em primeiro turno.

As intenções de votos para Dilma caíram 3 pontos percentuais em relação ao último levantamento feito pelo instituto, realizado entre os dias 21 e 22 de setembro. Serra manteve o índice de 28%, enquanto Marina subiu de 13% para 14%. As entrevistas foram realizadas nessa segunda-feira, 27 de setembro, em 202 municípios. Foram ouvidos 3.180 eleitores. O levantamento está registrado Tribunal Superior Eleitoral (TSE) com o número 32913/2010.

Segundo turno

O Datafolha fez simulação de segundo turno com os candidatos Dilma Rousseff e José Serra. Segundo a pesquisa, a petista venceria o pleito com 52% dos votos, contra 39% de Serra.

Os textos são revisados por Thaísa Hosken

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.