PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - A briga na torcida do Grêmio que ocasionou a interrupção do jogo contra o Cruzeiro pela Série B, na Arena, foi motivo de julgamento na tarde desta quinta-feira (20), no STJD (Superior Tribunal de Justiça Desportiva) . O time tricolor acabou punido com multa de R$ 100 mil e a perda de três mandos de campo.

Segundo nota do site oficial do Tribunal, o time gaúcho foi punido no artigo 213, inciso I, §1º do CBJD (Código Brasileiro de Justiça Desportiva), que fala sobre "deixar de tomar providências capazes de prevenir e reprimir desordens em sua praça desportiva".

O problema aconteceu no dia 21 de agosto. Na ocasião, uma briga generalizada ocorrida na arquibancada da Arena obrigou a arbitragem a paralisar a partida duas vezes no primeiro tempo.

"Um dos identificados [na briga] estava proibido de frequentar os estádios. Isso foi um ato marginal. Quem se aproveita disso, para por em risco a integridade de outras pessoas... Houve crianças e mulheres que acabaram apanhando. A responsabilidade de uma pessoa dessa natureza é gravíssima", disse o presidente do Grêmio, Romildo Bolzan Júnior, na ocasião.

O setor foi interditado pela Justiça depois disso, e posteriormente reaberto. O clube gaúcho vai entrar com recurso contra a punição.

"A punição foi esta. Não era previsível, porque o Grêmio fez 19 identificações, estabeleceu as autorias, e entendia que aquela excludente que se aplica para todo mundo poderia ser assim para ele. Mas não entendeu assim o STJD. Vamos formular o recurso. Recebi a decisão resumida. Vamos buscar o efeito suspensivo. Tem situações bem anteriores a do dia 21 de agosto que não foram julgadas. Há muitos interesses em jogo e temos que atuar com cautela. Não fazer disso um cavalo de batalha e saber o que está envolvido, estabelecendo uma pauta de conversa com o STJD para manter o equilíbrio da competição. Estamos indignados, mas temos um caminho a percorrer e vamos examinar as circunstâncias que temos", afirmou Bolzan, nesta terça.

Se a pena não for alterada ou suspensa, o jogo desta terça, contra o Sport, será o penúltimo do time tricolor em casa na temporada 2022. Os duelos contra Bahia e CSA estão dentro da pena, mas para o jogo final, contra o Brusque, o clube gaúcho buscará o efeito suspensivo.