A WSL (Liga Mundial de Surfe) anunciou o calendário oficial do Circuito Mundial de 2023, que será o principal caminho para os atletas do surfe buscarem uma vaga na próxima edição dos Jogos Olímpicos, em 2024 em Paris (França). No comunicado divulgado à imprensa, a entidade máxima do surfe confirmou que a etapa brasileira, em Saquarema (Rio de Janeiro), está marcada para ser disputada entre 23 de junho e 1 de junho na Praia de Itaúna.

Este será o segundo ano com a nova estrutura proposta pela diretoria de circuitos e competições da WSL, com dez etapas e todas com as categorias masculina e feminina, o corte na elite no meio da temporada e o WSL Finals para decidir os títulos mundiais.

Uma novidade é que o Circuito Mundial será o principal caminho no sistema de qualificação olímpica para os melhores surfistas do mundo. O ranking final das dez etapas da temporada regular, começando em Pipeline e terminando no Taiti, vai indicar 18 das 48 vagas para os Jogos de Paris (10 homens e oito mulheres).

“Após o incrível momento e marcos históricos que atingimos em 2022, seguiremos construindo nossa plataforma global para progredir e elevar o surfe profissional em todo o mundo [...]. Testamos o novo formato do circuito pela primeira vez esse ano e fortaleceremos ainda mais o esporte por meio do Circuito Mundial totalmente combinado no próximo ano, que também vai classificar os primeiros 18 surfistas para os Jogos Olímpicos de 2024”, disse o diretor executivo da WSL, Erik Logan.

Tags:
Circuito Mundial de Surfe | Esportes | Rio Pro | Surfe | WSL