SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O lutador de boxe Isiah Jones foi baleado e morto nesta segunda-feira (19) após uma briga de família, nos EUA. A notícia foi divulgada por seu treinador, Roshawn Jones, na tarde desta terça-feira (20). Ele tinha 28 anos e deixou dois filhos.

Segundo informações do site americano TMZ, o técnico disse que o atleta foi baleado na cabeça depois de discutir com seu irmão.

"Isiah Jones é um boxeador profissional de Detroit, Michigan, um colega membro do Soul City Boxe and Wrestling Gym, a nossa última luta foi contra a Equipe de Promoção do Roy Jones Jr! Isiah perdeu a vida ontem num acontecimento trágico! Por favor, mantenham a família dele nas suas orações para ajudá-la a ultrapassar estes tempos difíceis!", escreveu Roshawn em seu Instagram.

O Departamento de Polícia de Detroit confirmou ao site 'The Ring' que um homem de 28 anos com o nome do boxeador foi baleado e morto por um parente, mas disse que não havia mais informações disponíveis. Até o momento, nenhuma prisão foi feita.

Jones ?que se tornou profissional em 2016? tinha um recorde profissional de 9-7 (com três nocautes) e um impressionante recorde amador de 52-2. Um dos destaques de sua carreira foi ganhar o National Golden Gloves, em 2016.