DOHA, QATAR (UOL-FOLHAPRESS) - A estreia da Argentina na Copa do Mundo é nesta terça-feira (22), contra a Arábia Saudita, no Estádio de Lusail, pelo Grupo C. Não tem nada a ver com o Brasil, mas os torcedores da seleção celeste aqueceram a rivalidade com os pentacampeões mundiais com uma faixa na arquibancada.

Na arquibancada do gol defendido pela Argentina no primeiro tempo, uma faixa branca estampava o seguinte em letras pretas: "Dani Alves es un boludo". Neste contexto, a palavra que também pode ter um sentido carinhoso na Argentina, soa mais como ofensa. É como chamar alguém de tonto, imbecil.

A frase "Dani Alves es un boludo" foi dita por Maradona em 2017. O jogador brasileiro tinha questionado dias antes o gol de mão do ídolo argentino na Copa do Mundo de 1986. Maradona rebateu firme: "Dani Alves é um tonto. É um jogador que numa partida toca três ou quatro vezes na bola e faz oito faltas ou mais. Ele ocupa uma posição onde não se joga futebol. Laterais bons eram Cafu, Maicon. Dani Alves, pobrezinho?".

O curioso é que a faixa que ofende Daniel Alves está completamente sem contexto no setor, ao lado de homenagens a Messi e Maradona e faixas com nomes de cidades e povoados do país.

A seleção brasileira entra em campo somente na quinta-feira, às 16h (de Brasília), contra a Sérvia, pelo Grupo G. O amado pelos argentinos Daniel Alves deve começar no banco de reservas.