SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O atacante argentino Germán Cano teve um ano muito bom pelo Fluminense, com 44 gols e 7 assistências em 2022, mas isso não foi o suficiente para ser um dos nomes convocados para defender a seleção argentina na Copa do Mundo.

Mesmo assim, ele viajou para o Qatar com a mulher Rocío Otero e seu filho Lorenzo para apoiar seu país nas arquibancadas.

Na manhã de hoje, Cano compartilhou em seu Instagram uma foto com a família nas arquibancadas do estádio Lusail para acompanhar a estreia da Argentina contra Arábia Saudita, pelo Grupo B.

No ano passado, quando a Copa América acabou sendo realizada no Brasil, Cano também estava nas arquibancadas do Maracanã e viu os argentinos superarem o Brasil na decisão.