SANTOS, SP (UOL-FOLHAPRESS) - A inesperada derrota da Argentina para a Arábia Saudita na estreia da Copa do Mundo do Qatar, nesta terça-feira (22), deixou os torcedores argentinos não apenas decepcionados com o resultado, mas também preocupados com uma eventual eliminação ainda na primeira fase da competição.

"Se a Argentina não vencer os dois restantes, pode se classificar?", questiona o Olé em uma de suas reportagens pós-jogo.

Teoricamente, o jogo mais fácil da Argentina no Grupo C era justamente contra a Arábia Saudita. Agora, os hermanos têm pela frente as seleções do México, no sábado (26), e da Polônia, no dia 30. Os próximos adversários da Argentina estreiam ainda nesta terça (22), às 13h (de Brasília).

"Com muita pressão em busca das oitavas de final, [a derrota] quase obrigou a [Argentina] vencer os dois jogos, ainda que matematicamente tenha chances de se classificar com quatro pontos", analisa o Olé.

"Mas é preciso levar em conta que terá pela frente duas seleções mais fortes", alerta o principal jornal argentino.

Qual seleção vai surpreender na Copa do Mundo do Qatar? Vote!O Olé aproveita a situação para recordar a campanha da Copa do Mundo de 2018, quando a Argentina se classificou com o segundo lugar do grupo depois de somar quatro pontos. Croácia, com nove, foi a líder do grupo, enquanto a Nigéria ficou com três.

Em 2018, a Argentina foi eliminada nas oitavas de final pela França, que viria a se tornar campeã mundial depois de bater a Croácia na grande decisão.

O Olé, porém, dá sequência à matéria tentando buscar otimismo. "Num olhar otimista, houve um campeão que perdeu na estreia: a Espanha, na África do Sul em 2010".