SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O atacante Giroud, que balançou as redes duas vezes em França x Austrália, jogo da 1ª rodada do Grupo D da Copa do Mundo, tornou-se o maior artilheiro da história da seleção europeia.

Com os dois gols marcados nesta terça-feira (22), o jogador de 36 anos igualou a marca do ídolo Thierry Henry. Agora, ambos registram 51 gols com a camisa da equipe.

A titularidade de Giroud na atual equipe de Didier Deschamps, aliás, veio por acaso: ele seria reserva de Karim Benzema, mas o centroavante do Real Madrid machucou a coxa e acabou cortado.

O top 5 de goleadores da França é composto ainda por Griezmann (42 gols), Michel Platini (41 gols) e o próprio Benzema (37 gols) ? deles, só o segundo está aposentado.

Giroud iniciou sua trajetória com a camisa da seleção bicampeã mundial em 2011. Além de estar em sua terceira Copa do Mundo (jogou também em 2014 e 2018), ele disputou duas Eurocopas (2012 e 2016) representando o seu país.