BELO HORIZONTE, MG (UOL - FOLHAPRESS) - A estreia da França na Copa do Mundo, nesta terça-feira (22), com a vitória, de virada, por 4 a 1 sobre a Austrália trouxe euforia a um grupo de franceses que vive em Belo Horizonte. Cerca de 30 torcedores se reuniram em um bar da região centro sul da capital mineira para acompanhar a partida regados à caipirinha, cerveja e muita música francesa em um setlist preparado especialmente pelo DJ do bar.

O evento foi especialmente pensado para os franceses. Os jovens estudam em um campus de uma faculdade do país natal localizado na capital mineira e decidiram acompanhar a estreia da seleção francesa juntos.

Os atuais campeões do mundo assustaram os torcedores ao saírem atrás no placar. Apesar do início inesperado, os franceses se mantiveram otimistas. Diferentemente do público brasileiro, que é mais efusivo, as maiores reações dos franceses foram apenas nos gols, quando vibraram e se abraçaram muito, e também nas chances perdidas, que frustraram os jovens.

O estudante Aurelien Polet, de 24 anos, chegou ao bar com camiseta do atacante Benzema, cortado pouco tempo antes da estreia por uma lesão no quadríceps da coxa esquerda. Apesar de sentir falta do atual melhor jogador do mundo, ele está confiante em um bom desempenho da França no Mundial.

"Estou triste por não termos o Benzema, mas o coletivo da França é muito bom e eles estão concentrados. No início do jogo, com o gol da Austrália, tive um pouco de medo, mas acredito que a seleção tenha chances de avançar até a final. Estou no país do futebol, quero aproveitar o máximo da atmosfera também nos jogos da seleção brasileira", disse.

Já Claire Malet, de 21 anos, assumiu que não acompanha muito o futebol, mas gosta de se reunir com os amigos e aproveitar a festa. Com uma caipirinha na mão durante todo o tempo, ela estava mais interessada no ambiente.

"Se eu estivesse na França, estaria tomando uma cerveja. Mas como estou aqui no Brasil, país do carnaval, não posso deixar de tomar uma caipirinha. O futebol para mim é uma desculpa para tomar sempre mais uma", divertiu-se.

Com o resultado, a França é líder do grupo D com três pontos. A seleção francesa volta a campo no próximo sábado (26), diante da Dinamarca, no estádio 974, às 13h (de Brasília).