SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - O Uruguai vai a campo nesta quinta-feira (24) contra a Coreia do Sul, pela estreia das duas seleções na Copa do Mundo, sem Arrascaeta. O meio-campista do Flamengo vai começar a partida no banco e gerou revolta nas redes sociais.

Após o anúncio da escalação da seleção uruguaia, torcedores se mostraram inconformados com a escolha do técnico Diego Alonso por Facundo Pellistri, jogador do Manchester United, que ainda não atuou pela equipe inglesa na temporada. Recentemente, ele foi emprestado pelos Diabos Vermelhos ao Alavés, da Espanha, para ganhar experiência após alguns jogos no sub-23.

"Uruguai com Arrascaeta no banco? Aconteceu alguma coisa que eu não tô sabendo ou esqueceram de avisar eles que ele é o melhor meia da América?", questionou um torcedor no Twitter. "O técnico do Uruguai deixou Arrascaeta no banco? Ele entende de futebol?", escreveu outro.

A ausência de Arrascaeta, apesar de ainda não ter sido explicada pelo técnico, pode ter sido causada por uma pubalgia com a qual o atleta tem travado uma luta. Na reta final da temporada pelo Flamengo, o meio-campista passou a conviver com dores na região do púbis, mas seguiu atuando já que o clube disputou as finais da Copa do Brasil e da Libertadores. Outro atleta que aparece apenas no banco da seleção uruguaia é Edinson Cavani, que sofreu uma lesão nas últimas partidas do Valencia e ainda não está na plenitude de sua forma física.

Sem o seu camisa 10, o Uruguai de Diego Alonso vai a campo com: Rochet; Martín Cáceres, Godín, Giménez e Mathías Olivera; Vecino, Valverde e Bentancur; Pellistri, Darwin Núñez e Luis Suárez. A partida contra a Coreia do Sul começa às 10h (de Brasília) e vale pela primeira rodada do Grupo H da Copa do Mundo.