SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - As ruas de Doha, capital do Qatar, foram palco de brigas entre argentinos e mexicanos. Vídeos que viralizaram nesta quinta-feira (24) mostram agressões e ofensas entre torcedores dos dois países. Argentina e México se enfrentam no sábado, às 16h (de Brasília), pela segunda rodada da Copa do Mundo.

O conflito tomou conta de ruas e bares na capital qatari. A provocação mais frequente dos mexicanos foi chamar Messi, o principal craque argentino, de "pecho frío". A expressão é utilizada para designar um time ou atleta sem garra, apático.

As brigas nas ruas e em um bar deixaram vários feridos. De acordo com o jornalista Nacho Genovart, da TV argentina C5N, ninguém foi detido pelas autoridades locais.

O confronto entre Argentina e México no próximo sábado é fundamental para as duas seleções buscarem classificação à próxima fase da Copa do Mundo. Os sul-americanos estrearam com derrota por 2 a 1 para a Arábia Saudita e estão na lanterna do Grupo C. Os mexicanos empataram por 0 a 0 com a Polônia. Em caso de novo revés, Lionel Messi e companhia podem ser eliminados do torneio.