SÃO PAULO, SP (UOL - FOLHAPRESS) - Haja coração, amigo! A estreia da seleção brasileira na Copa do Mundo do Qatar, nesta quinta-feira (24), marca o primeiro jogo do último Mundial de Galvão Bueno como narrador. O profissional vai "pendurar" o microfone após a última partida do maior torneio de futebol do planeta, em 18 de dezembro. Na abertura da transmissão da partida entre Brasil a Sérvia, ele já avisou: "estou nervoso'.

"Confesso que estou nervoso. Eu e Júnior temos 22 Copas juntos, mas hoje eu estou nervoso", disse Galvão. "E você, Ana? Está nervosa, com as pernas tremendo?", perguntou à comentarista Ana Thais Mattos.

E é claro que não poderia faltar o amuleto clássico de Galvão: o OIodum. Poucos depois que abriu a transmissão, o narrador pediu as imagens dos músicos que tocam diretamente do Pelourinho, em Salvador. "E olha o Olodum. Axé! Tá bonito", exaltou o narrador. Os bonecos de Olinda também marcaram presença: o próprio Galvão, um cavalinho do Fantástico e Neymar.

Assim que deixou o hotel, Galvão publicou um vídeo nas redes sociais homenageando Zagalo. Coincidentemente, ele está no 13º andar, número da sorte do ídolo da seleção brasileira.

Antes de embarcar para o Qatar, Galvão ficou três dias internado no hospital Albert Einstein para acelerar a recuperação do quadro de covid-19. Ele recebeu alta em 16 de novembro, mas precisou esperar o teste negativo para embarcar para a sua 13ª Copa do Mundo no dia 19.

Apesar de o contrato com a emissora se encerrar no fim deste ano, Galvão já avisou que há conversas entre ele e a direção esportiva da Globo para que sua permanência continue pontual em alguns programas.

"Não farei mais nada em televisão se não for na Globo", afirmou em evento realizado pela emissora em setembro. "Estamos conversando sobre algumas participações pontuais. Não existe contrato ainda, mas quem sabe convites para falar algumas bobagens em alguns programas, não? Narração não faço mais, a última será em 18 de dezembro, na final da Copa do Mundo. Mas outras coisas, quem sabe".

Divulgação TV Globo - Galvão Bueno