DOHA, QATAR, E SANTOS, SP (UOL/FOLHAPRESS) - O Brasil venceu a Sérvia por 2 a 0, nesta quinta-feira (24), no estádio Lusail, na estreia na Copa do Mundo do Qatar 2022. Tudo estaria perfeito não fosse a lesão de Neymar: o camisa 10 sofreu uma entorse no tornozelo após entrada do zagueiro Milenkovic e teve que ser substituído na segunda etapa.

Após a partida, o médico da seleção Rodrigo Lasmar fez um pronunciamento afirmando que será necessário esperar entre 24 e 48 horas para avaliar a lesão. O atacante Raphinha acredita que o craque da seleção ficará bem, mas pediu mais atenção da arbitragem.

"Na minha opinião, ele está bem. Teve a lesão. O árbitro tem que saber defender os jogadores", afirmou na saída do estádio da estreia.

Foi nos pés de Raphinha que o Brasil teve sua primeira chance de gol na partida, ainda no primeiro tempo, mas o chute do atacante acabou saindo fraco. Questionado sobre o lance, retrucou na resposta.

"O que passaria na sua cabeça se você perdesse aquela chance? Eu quero fazer gol em todos os jogos. É normal baixar a cabeça. Infelizmente não consegui o gol, mas vou trabalhar para o próximo jogo", disse.

O Brasil volta a campo nesta segunda-feira (28), às 13h (de Brasília), para enfrentar a Suíça, que também venceu na estreia e é vice-líder do Grupo G por um gol de saldo a menos do que o time de Tite.