RIO DE JANEIRO, RJ (UOL/FOLHAPRESS) - Depois da lesão na final da Libertadores no ano passado, Filipe Luís fez a estreia na temporada no último sábado (21). Ele deu, inclusive, uma assistência para Gabigol. Em vídeo de bastidores da FlaTV, o jogador afirmou que teve medo de não retornar.

No vestiário, Filipe fez um agradecimento especial ao departamento médico do clube.

O atleta de 37 anos teve uma lesão no músculo posterior da coxa direita na final da Libertadores.

"Queria agradecer primeiramente ao departamento médico e aos fisioterapeutas que ficaram comigo nessas férias trabalhando. Cheguei a duvidar nesse tempo se eu um dia ia voltar a jogar futebol", disse Filipe.

"Eu realmente tive medo, e esses caras ficaram comigo aqui todo momento. Momentos difíceis. Quero agradecer a todos vocês. Depois dizer que a alegria que eu senti no campo é de um time que eu falei para a comissão. Ninguém é maior do que a equipe, nenhum jogador é maior do que a equipe. Eu sinto isso nesse time", completou.

Filipe Luís havia falado sobre o retorno ainda no campo de jogo e admitiu que não conseguia participar dos treinos.

"Quase três meses desde a Libertadores, uma lesão raríssima. Pouco a pouco vou pegando a forma. A nossa equipe começou forte a pré-temporada, não consegui fazer os primeiros treinos. Aos poucos, vou pegando o ritmo deles", disse o jogador à TV Bandeirantes.

No fim do ano passado, Filipe Luís renovou o contrato com o Flamengo até dezembro de 2023.