SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Em seu primeiro slam juntos, Luisa Stefani e Rafael Matos estão na final de duplas mistas do Australian Open. Jogando na Rod Laver Arena, a quadra principal do torneio, paulista e gaúcho conquistaram a vaga na decisão ao derrotarem de virada a dupla de convidados australianos formados por Olivia Gadecki e Marc Polmans. O triunfo teve parciais de 4/6, 6/4 e 11/9.

Na rodada anterior, Luisa e Rafa já tinham superado outra parceria da casa na Rod Laver Arena: Lizette Cabrera e Jonh-Patrick Smith. Os rivais da decisão, contudo, prometem ser um desafio maior: os experientes indianos Sania Mirza e Rohan Bopanna, que avançaram após derrotaram Desirae Krawczyk e Neal Skupski por 7/6(5), 6/7(5) e 10-6.

A história da vitória

A primeira quebra veio já no terceiro game, com Gadecki no saque. Ela e Polmans até salvaram dois break points, mas os brasileiros aproveitaram a terceira chance, ganhando uma disputa na rede que terminou quando Gadecki errou um voleio. A vantagem durou pouco. No sexto game, foi a vez de Luisa ter seu serviço quebrado, o que deixou o placar em 3/3. A brasileira não estava nos seus melhores dias e, no décimo game, após uma dupla falta e um smash errado, deu um set point para o time da casa. Com mais um voleio errado da paulista, os australianos fecharam e fizeram 6/4.

O segundo set começou de forma parecida, com Gadecki enfrentando dois break points, mas Luisa falhou do fundo de quadra nos dois pontos, desperdiçnando as chances. Em seguida, o time brasileiro foi pressionado mais uma vez, mas Luisa salvou um break point com um ótimo segundo saque. Os dois homens confirmaram seus saques sem problemas, e o time verde-e-amarelo voltou a pressionar Gadecki. Primeiro, Matos encaixou uma devolução vencedora para conquistar dois break points. Logo na primeira oportunidade, Luisa foi bem junto à rede e conseguiu a quebra, abrindo 4/3 de frente. Na sequência, Luisa encarou outro break point em seu serviço, mas Matos fez um voleio salvador e garantiu o game. Pouco depois, o mesmo gaúcho sacou bem e confirmou o serviço para fazer 6/4 e levar a decisão para o match tie-break.

O game decisivo foi equilibrado até 3/3, quando Gadecki fez uma devolução vencedora e deixou o time da casa em vantagem. Polmans, no entanto, desperdiçou a liderança ao errar um smash fácil no ponto seguinte. Na segunda virada de lado, o jogo seguia igualado: 6/6.

Oa australianos abriram 7/6 quando Luisa errou um golpe de vista em uma paralela de Gadecki e 8/6 quando a brasileira fez uma dupla falta. Polmans foi para o serviço em 8/7 e só precisava confirmar seus pontos para garantir a vitória. Ele, porém, também fez uma dupla falta, o que deixou o placar em 8/8. Na sequência, Gadecki aproveitou um bom saque do parceiro e fez um smash certeiro para chegar ao primeiro match point. Luisa, porém, atuou bem junto à rede e igualou o placar novamente (9/9). Matos, então, forçou um erro de Gadecki e deu um match point aos brasileiros. Luisa, com uma devolução vencedora na paralela, foi implacável e selou a vitória.