PORTO ALEGRE, RS (UOL/FOLHAPRESS) - O América-MG venceu o Internacional, nos pênaltis, na noite desta quarta-feira (31), no Beira-Rio, pelo jogo de volta das oitavas de final e conquistou a vaga para as quartas de final da Copa do Brasil. O Colorado venceu por 3 a 1 no tempo normal, mas por conta do agregado, 3 a 3, a decisão foi para os pênaltis.

Nicolás Hernández, Igor Gomes e Pedro Henrique foram os responsáveis por anotar para o Internacional no tempo normal, e Juninho marcou para o América-MG.

Nos pênaltis, o América-MG levou a melhor por 5 a 4. Carlos de Pena desperdiçou para o Inter após tocar duas vezes na bola.

O adversário do time mineiro na próxima fase será conhecido por meio de sorteio.

O Internacional volta a campo no próximo sábado (3), quando visita o Santos na Vila Belmiro, às 21h00 (de Brasília), pelo Brasileirão. No mesmo dia, mas às 18h30 (de Brasília), pela mesma competição, o América-MG encara o Corinthians em casa.

O JOGO

O América-MG começou o jogo indo para o ataque aproveitar sua vantagem. Felipe Azevedo cruzou, mas Johnny chegou para afastar. Aloísio pegou o rebote e colocou a bola na área, mas Renê protegeu até ela sair pela linha de fundo.

Apesar da insistência inicial do visitante, foi o Internacional que abriu o placar. De Pena cobrou a falta na cabeça em Nico Hernández, que estufou as redes de Pasinato.

Embalado pelo primeiro gol, o Internacional marcou mais uma vez. Novamente contanto com a cobrança de falta, De Pena mandou para Igor Gomes, que se jogou todo na bola e superou o goleiro do América-MG para deixar o Colorado ainda mais na frente.

Com um pênalti a seu favor, os donos da casa ampliaram mais uma vez. Na cobrança, Pedro Henrique bateu no canto esquerdo de Pasinato, que preferiu ir para o canto direito, e só teve tempo de ver a bola indo ao contrário.

A segunda etapa contou com uma postura diferente do América-MG. Na bola enfiada na área, Danilo Avelar cabeceou em direção ao gol, mas John foi para a bola e salvou o Internacional.

A resposta do Colorado veio com a velocidade de Wanderson. Ele arrancou com uma velocidade impressionante, invadiu a área e chutou na saída de Pasinato, que foi essencial para evitar o gol.

Depois de insistir bastante no campo adversário, o América-MG marcou. Marcinho cruzou da direita, Juninho antecipou e mandou direto para ao fundo das redes para deixar o placar agregado novamente igual.

Com o placar igual, a decisão da vaga foi para os pênaltis. Carlos de Pena desperdiçou a cobrança para o Internacional após tocar duas vezes na bola. Sendo 100% na sua vez, o América-MG foi bem a converteu as cinco cobranças.

LANCES IMPORTANTES

Quase o primeiro - Felipe Azevedo cruzou, mas Johnny chegou para afastar. Aloísio pegou o rebote e colocou a bola na área, mas Renê protegeu até ela sair pela linha de fundo.

1 x 0 - De Pena cobrou a falta na cabeça em Nico Hernández, que mandou direto para estufar as redes de Pasinato.

2 x 0 - Novamente em cobrança de falta, De Pena mandou para Igor Gomes, que se jogou todo na bola e superou o goleiro do América-MG para deixar o Colorado ainda mais na frente.

Pênalti para o Internacional - Pedro Henrique lançou na área para Wanderson, que escorou para Lucca. Alê chegou para interceptar a bola, e acabou acertando o centroavante do Internacional. De início Luiz Flávio entendeu o lance como normal, mas depois de checar o VAR marcou a penalidade.

3 x 0 - Na cobrança, Pedro Henrique bateu no canto esquerdo de Pasinato, que escolheu o lado direito para pular e viu a bola indo ao contrário.

Lá e cá - Na bola enfiada na área, Danilo Avelar cabeceou em direção ao gol, mas John foi para a bola e salvou o Internacional. Na sequência, Wanderson arrancou com uma velocidade impressionante, invadiu a área e chutou na saída de Pasinato, que foi essencial para evitar o gol.

Inacreditável - Depois de mais uma chegada em velocidade, Alemão acionou Jean Dias, que encontrou Renê livre na área para finalizar, mas na hora do chute, o lateral pegou muito em baixo e a bola passou por cima do gol.

3 x 1 - Marcinho cruzou da direita, Juninho antecipou e mandou direto para ao fundo das redes para deixar o placar agregado novamente igual.

Pênaltis - As duas equipes acertaram as suas primeiras cobranças até que Carlos de Pena teve seu gol anulado para o Internacional. Com o placar em 4 a 4 para o Coelho, Iago Maidana foi o último a marcar para o América-MG levar a vaga nas quartas de final da Copa do Brasil.

FICHA TÉCNICA

Internacional x América-MG

INTERNACIONAL

John Victor; Igor Gomes, Rodrigo Moledo, Nicolás Hernández, Renê; Gustavo Campanharo, Johnny, Carlos de Pena; Pedro Henrique, Lucca e Wanderson. T.: Mano Menezes.

AMÉRICA-MG

Mateus Pasinato; Marcinho, Wanderson, Iago Maidana, Danilo Avelar; Lucas Kal, Juninho, Alê; Everaldo, Aloísio e Felipe Azevedo. T.: Vagner Mancini.

Estádio: Beira-Rio, em Porto Alegre (RS)

Público: 36.560

Juiz: Luiz Flávio de Oliveira (SP)

Assistentes: Danilo Ricardo Simon Manis (SP) e Fabrini Bevilaqua Costa (SP)

VAR: Thiago Duarte Peixoto (SP)

Cartões amarelos: Igor Gomes, Carlos de Pena, Lucca, John Victor (INT), Everaldo, Rodrigo Varanda (AME)

Gols: Nico Hernández (19mi/1ºT), Igor Gomes (31min/1ºT), Pedro Henrique (46min/1ºT) (INT); Juninho (32min/2ºT) (AME)

Estevão Germano/América - América vence o Internacional fora de casa e abre vantagem nas quartas da Copa do Brasil