Paixão de Cristo As encenações que contam a história da Paixão de Cristo vão acontecer
por toda a cidade durante o feriado

Priscila Magalhães
Repórter
18/03/2008

A trajetória da morte, paixão e ressurreição de Cristo vai ser contada em diferentes pontos da cidade durante o feriado da Semana Santa, através do teatro. Na Paróquia Santa Luzia, no bairro de mesmo nome, a apresentação começa na quinta-feira, 20 de março, e só acaba no sábado, dia 22.

Apesar de contar uma história tradicional, o Grupo Semana Santa, que vai encenar no Santa Luzia, decidiu inovar. Neste ano, a história vai ser narrada pelo ponto de vista das personagens Maria Madalena e Maria, mãe de Jesus.

No primeiro dia, a encenação vai mostrar a passagem do lava-pés e da prisão de Jesus, a partir de 21h. No segundo dia, é a vez de contar o julgamento e a condenação, a partir de 20h. No último, o público vai assistir à ressurreição de Cristo, às 22h. Cerca de 80 atores e figurantes vão participar deste espetáculo, que espera um público de, aproximadamente, cinco mil pessoas. A encenação vai começar na rua Almiro Ribeiro de Toledo e depois segue em procissão pelas ruas do bairro.

O grupo Jovens Descobrindo o Amor de Cristo (Judac) é o responsável pela encenação na Paróquia de São Pedro. Para isso, contam com a colaboração de cerca de 60 pessoas na produção do teatro. O grupo vai contar toda a história de Cristo, desde seu nascimento até sua morte, não deixando de mostrar seus milagres.

Após a encenação, o grupo sai pelas ruas do bairro São Pedro na Procissão do Enterro. A apresentação acontece na Estação São Pedro, às 20h, na sexta, dia 21. Cerca de 1.500 pessoas são esperadas e a entrada é franca.

foto de Jesus Cristo Na encenação do Grupo Redentorarte, crianças e adultos estão unidos em uma única peça, a Via-sacra. Os atores do grupo de jovens vão representar as estações da Via-sacra e as crianças da catequese vão fazer as leituras para reflexão. Os fiéis também vão poder participar como figurantes da encenação. Trinta pessoas compõem o grupo e o público vai acompanhar uma apresentação de 40 minutos, que acontece na sexta-feira, às 9h na Igreja da Glória.

O Grupo Renascendo no Amor de Cristo, da Catedral Metropolitana, vai fazer uma apresentação para levar os participantes à reflexão sobre a espiritualidade da Semana Santa, levando em consideração o contexto atual, como drogas, separação de casais e políticos corruptos. Quinze jovens vão contar a história do Filho Pródigo. Ele abandona a casa, gasta a herança, mas é perdoado pelo pai e recebido com compaixão. A apresentação pode ser acompanhada na Igreja São Geraldo, no bairro Teixeiras, quarta-feira, dia 19, às 19h.

O Grupo Jovem Bom Pastor vai mostrar desde a condenação de Cristo até sua Crucificação. Os 15 jovens participantes vão apresentar o espetáculo sob o ponto de vista de Maria. Cada quadro da via-sacra vai ser apresentado em um cenário especial, o que vai contribuir para a evangelização dos fiéis. A encenação acontece na matriz da Igreja Bom Pastor, quarta-feira, dia 19, às 19h30.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.