SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O candidato a deputado federal Emerson Kapaz (PSD) afirmou nesta sexta-feira (23) à Folha de S.Paulo que priorizará uma agenda ambiental, econômica e social, caso eleito.

"Precisamos de um novo projeto de desenvolvimento sustentável para o Brasil, que tenha economia sustentável, economia circular e crédito de carbono", afirmou.

Emerson Kapaz foi o segundo entrevistado desta sexta na série de lives da Folha de S.Paulo com candidatos a deputado federal por São Paulo.

Segundo o candidato, a pandemia trouxe mudanças na relação entre capital e trabalho, por isso, é preciso um novo modelo de contrato social no país. E o Congresso é o lugar para se discutir isso.

O candidato afirmou também que construiu a sua candidatura com crédito de carbono zero. Segundo ele, foi calculado o impacto ambiental da campanha e, em cima disso, foram adquiridas 8 toneladas de gás carbônico em créditos.

Questionado sobre sua proposta de reforma tributária verde, Emerson Kapaz disse que a ideia é dar isenção de taxa para empresas que tenham projetos de economia sustentável.

Para ele, a pauta ambiental deixou muito a desejar no governo Bolsonaro e poucos candidatos falam sobre o assunto. "O desmatamento aumentou por conta de uma flexibilização de multas, um afrouxamento da fiscalização por parte do estado em regiões importantes da Amazônia", afirmou.