SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - O ativista por moradia Guilherme Simões Pereira foi nomeado para a nova Secretaria de Políticas para Territórios Periféricos do Ministério das Cidades. Membro da coordenação nacional do MTST (Movimento dos Trabalhadores Sem Teto), foi uma indicação do deputado federal eleito Guilherme Boulos (PSOL-SP).

Pereira terá a função de tratar de temas como urbanização de favelas e interlocução com movimentos sociais de periferias. Ele é morador do bairro do Grajaú, na zona sul de São Paulo, e também faz parte do movimento negro.

A nova secretaria e a indicação de Pereira são parte de um acordo para que movimentos de esquerda estejam representados no organograma do Ministério das Cidades, cujo titular é Jader Filho, do MDB. A pasta lida com temas como habitação, saneamento e transporte urbano.