Juiz de Fora 150 anos em um minuto:
Os fatos e personalidades que constru?ram a hist?ria da cidade.
Novas cr?nicas todos os dias, de segunda a sexta.
Uma iniciativa da R?dio FM Itatiaia e do JFService

06/07/2000

Ou?a a cr?nica
Os grandes sambas de Carnaval
Grandes sambas de Carnaval foram feitos em Juiz de Fora e deixaram saudades. Dois deles se tornaram verdadeiros s?mbolos: "Ai se eu fosse feliz", de Alfredo Toschi e "Exalta??o ao Rio S?o Francisco", de Waltinho de Paula e Jo?o Leonel. Entre os destaques, est? o samba "Mascarada veneziana", feito nos anos 60 para a Feliz Lembran?a, por Jos? Carlos de Lery Guimar?es e Nelson Silva. Quem assistiu ao desfile n?o se esquece e garante que foi o mais belo j? visto em Juiz de Fora. "Mascarada veneziana" contava a hist?ria de Leandro e Leonor, tendo como cen?rio as g?ndolas de Veneza. O p?blico se encantou com a beleza da Feliz Lembran?a, e Juiz de Fora mostrou que tinha um dos melhores e mais ricos carnavais do pa?s. Outros grandes sambas ainda hoje s?o relembrados, como "Sonho de malandro", "Para o que der e vier" e "Esse ? o meu crime", de Ministrinho, e ainda "Convite amigo" e "Filosofando", de Ernane Ciuffo. Outros grandes sambistas foram Nilton Santos e Jos? Oceano Soares, que juntos fizeram a can??o "Homenagem aos sambistas". As composi?es come?avam a ser divulgadas em dezembro e, no Carnaval, os juizforanos cantavam e faziam grandes torcidas nos dias de desfile. A produ??o carnavalesca da cidade era t?o importante que foi criada a Associa??o dos Compositores Carnavalescos de Juiz de Fora. Anualmente, o grupo promovia um concurso para escolher os melhores sambas e marchinhas.

Ou?a a cr?nica
Programas de audit?rio
Nos bons tempos do r?dio AM, quando n?o havia televis?o, computadores, v?deos, CDs ou DVDs, uma das divers?es mais em voga na cidade eram os programas de audit?rio. Como sempre, a grande disputa pelo p?blico era travada entre a R?dio Industrial e a R?dio Sociedade de Juiz de Fora e a rivalidade constante entre as duas emissoras fazia com que cada uma procurasse ser melhor do que a outra. Existiam programas de audit?rio todos os dias, de manh?, de tarde e ? noite e consequentemente era grande o n?mero de bons apresentadores. Amaury Vieira, Paulo Emerich, Walter Monachesi, Walmick Campos, Mauricio de Campos Bastos, Mauro Lucci, Laudio Temponi, Ceu Azul Soares, Jos? de Barros, Luiz Ara?jo, eram alguns dos mais famosos, al?m de Renato Murce e Barbosa Junior da R?dio Nacional que tamb?m tinham programas na cidade. Os audit?rios se localizavam na sede da R?dio Industrial na Rua Batista de Oliveira, na R?dio Solar que era na Rua S?o Jo?o, no terceiro andar do Cine P?lace ou na sede do C?rculo Militar na Av. Rio Branco. Cantores e cantoras tamb?m tiveram seu destaque nesta ?poca, como Gilberto Barbosa, Oswaldina Siqueira, Ana Maria, Regina Maria, Edwiges de Aquino, Geraldo Moura, Tio Teteco, e, destes programas, sa?ram artistas que foram brilhar em grandes centros, como S?lvio Cesar e Cl?udia, que aqui era conhecida como Maria das Gra?as.

Ou?a a cr?nica
Nossos distritos
Juiz de Fora j? foi muito maior do que ? hoje, mas depois de um certo tempo foi diminuindo. ? isso mesmo, mas ? claro que estamos falando apenas no espa?o territorial, j? que muitos dos nossos antigos distritos foram elevados ? categoria de cidades por ato de governos estaduais em diversas ocasi?es. J? pertenceram a Juiz de Fora, cidades como Sim?o Pereira, Matias Barbosa, Santana do Deserto, Ch?cara, Coronel Pacheco, al?m de S?o Jos? das Tr?s Ilhas (foto), Porto das Flores e Ibitiguaia que se uniram e se transformaram no munic?pio de Belmiro Braga. Existe tamb?m o caso de Filgueiras que deixou de ser distrito de Juiz de Fora e pertenceu ? Ch?cara, mas depois por escolha de seus habitantes voltou a fazer parte do nosso munic?pio. Benfica, j? foi distrito tamb?m e se n?o fosse uma lei do vereador In?cio Halfeld, poderia ter se emancipado e n?s perder?amos o que hoje ? nosso bairro mais importante. Como se observa, n?s j? fomos lim?trofes com o estado do Rio de Janeiro, o que talvez possa explicar nossa mania de isolamento de Belo Horizonte e uma liga??o mais estreita com a antiga Capital Federal. Mas antes de lamentar a perda de tantos territ?rios, devemos voltar um pouco mais na hist?ria e lembrar que durante muito tempo Juiz de Fora pertenceu ? Barbacena...

Cr?ditos:
Texto e ?udio - Equipe de Jornalismo R?dio FM Itatiaia JF
Edi??o Internet e recursos digitais - Equipe JFService / ArtNet