• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Horta em casa é alternativa saudável É possível cultivar hortaliças mesmo em apartamento. A prática pode reaproveitar lixo orgânico e reciclável, sendo educativa para crianças

    Fernanda Fernandes
    Repórter
    29/07/2008

    Ter uma verdura colhida na hora não é privilégio somente de quem vive na roça. A paisagista Julianne Guettlein Sampaio garante que é possível manter uma pequena horta em casa e até em apartamento. "Pode ser em uma varanda, ou mesmo em uma janela que tome sol", afirma a especialista.

    Pimenta, manjericão, hortelã, salsinha e cebolinha estão entre os preferidos para se cultivar em casa, mas a paisagista diz que essa lista pode ser ampliada e explica que, entre as hortaliças, o cuidado básico não varia e não há período ideal de plantio ou colheita.

    O principal é ficar atendo à rega. Nos locais onde venta muito, como coberturas, a terra seca mais rápido. Por isso é bom observar com maior freqüência as condições do vaso.

    É preciso também cuidar do acesso às plantas que são alimentos. Quem tem animais em casa não deve manter os vasos no chão, pois mesmo lavando as verduras, é difícil eliminar urina de cães e gatos.

    Plantar a semente em casa não é difícil, mas exige um pouco mais de tempo e dedicação. Não há como deixar de regar nenhum dia e o processo deve ser feito bem de leve. Depois que a semente brotar, é necessário replantar. O saquinho se semente é encontrado até em supermercados e custa menos de R$ 1*.

    Segundo Julianne, comprar a muda é mais fácil. A unidade das hortaliças mais comuns custa entre R$ 0,05* e R$ 0,20*. As mudas (fotos abaixo) são vendidas em suportes de isopor, prontas para serem replantadas em vasos, jardineiras ou canteiros.

    Foto de
mudas de hortaliças Foto de
mudas de hortaliças
    Benefícios

    "Se você vai fazer uma sopa para um bebê, pode utilizar uma pequena quantidade de espinafre fresquinho, sem desperdiçar o molho inteiro como quando compra no supermercado. As crianças podem ajudar a mexer na terra, vendo de onde vêm os alimentos. Isso ajuda a desenvolver o gosto pela verdura e dá noção de responsabilidade pelo compromisso de cuidar todo dia, diz Julianne, enumerando as vantagens de se manter uma horta em casa.

    Foto vasos com hortaliças na parede Os ensinamentos são também momentos de lazer e agregam valores ao alimento cultivado em casa. Já pensou em fazer um chá de alecrim, que combate o estresse e a fadiga mental, com a planta colhida em casa?

    A horta pode ser montada em uma floreira ou jardineira, sendo instalada em suportes na varanda ou na janela. Há inclusive vasos desenhados para as especialmente para o cultivo de temperos (foto ao lado). As possibilidades vão de um projeto elaborado com vasos diferentes à simples utilização de garrafas pet.

    Se tiver uma varanda, Julianne dá a dica de aliar a horta à decoração e à praticidade dos repelentes naturais, como crisântemo, calêndula e citronela. "As plantas repelentes podem ser colocadas na parte de baixo, utilizando suportes para manter as jardineiras com hortaliças mais elevadas.

    Foto vasos com hortaliças na varanda No canto de um jardim, por exemplo, dá para plantar taioba, que tem uma folhagem bonita e o mineiro adora", sugere, lembrando que outra planta prática e de bonita folhagem é o gengibre.

    O tomate cereja também pode crescer em pequenos espaços e é uma festa para as crianças. Até árvores frutíferas entram para a listas das plantas cultiváveis em casa. Julianne diz que é possível comprar mudas de pé de jaboticaba, mexerica ou acerola já produzindo frutos. "Quando plantada no vaso, a árvore não cresce muito, mas, para que dê frutas, é necessário usar adubo específico", ensina, lembrando que o mais indicado é o NPK-4148.

    Ecologicamente correto

    O uso de adubo químico não é indicado, assim como o esterco, que pode vir com sementes de mato e carrapato. O mais adequado é misturar à terra húmus de minhoca, vendido em pequenos saquinhos nas lojas especializadas. Também é possível comprar o saco de substrato pronto, uma mistura de terra e compostos orgânicos.

    Outra possibilidade ecologicamente correta é aproveitar o lixo orgânico para adubar a terra. Mas não basta atirar as cascas de alimento ao vaso das plantas. A paisagista explica que é preciso criar uma composteira e diz que não é difícil, basta criar o hábito em casa.

    Foto pessoa segurando o suporte de isopor das mudas Cascas de alimentos, borra de café, casca de ovo e outros materiais orgânicos que iriam para o lixo devem ser batidos em liquidificador, com um pouco de água, antes de misturados à terra. A composteira pode ser feita com uma lata com furo em baixo.

    A terra fica no fundo e a mistura de água e restos de alimento batidos é jogada por cima. Tampe com uma tela e deixe por algumas semanas. Julianne ensina que é preciso mexer de vez em quando e, quando for utilizar a terra, deve-se aproveitar primeiro o material que estiver mais em baixo.

    Para completar o ciclo politicamente correto, as mudas podem ser plantadas em garrafas pet, utilizadas dentro de cachepôs, e as tampinhas ainda podem servir para a drenagem, assim como o isopor que serve de suporte para as mudas.

    Na jardineira
      Foto: Arquivo pessoal: Julianne G. Sampaio Foto: Arquivo pessoal: Julianne G. Sampaio
    • O primeiro passo é montar a drenagem no fundo da floreira ou jardineira, que deve ter furos para a saída de água. Tradicionalmente, monta-se a drenagem com cacos de telha ou pedras, mas pode-se usar tampas de garrafa pet ou pedaços do isopor.
    • Misture, em três partes iguais, terra, areia e composto orgânico, que pode ser húmus comprado pronto, e coloque sobre a drenagem. Essa mistura tem os nutrientes necessários e a areia não deixa a terra compactar.
    • Replante as mudas neste preparo de terra, mantenha a rega diária e cuide para que tenham sol durante pelo menos um período do dia.
    • Foto: Acessa Foto: Acessa

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.