As chuvas desta terça-feira (24) causaram o transbordamento, novamente, do córrego do bairro Santa Luzia, deixando a Rua Ibitiguaia completamente alagada. O Corpo de Bombeiros informou que no local, alguns veículos e dois ônibus ficaram ilhados em meio a inundação. Haviam passageiros dentro dos coletivos. Além disso, na rua Água Limpa, casas também foram inundadas. Os militares informaram que as águas estão baixando e os ocupantes dos veiculos e moradores estão em segurança. Na Av Santa Luzia também houve pontos de alagamento.

A Defesa Civil informou que em uma hora, o volume de chuva registrado foi de 60,8 mm em Santa Efigênia e de 45,5mm no bairro Ipiranga, na Zona Sul. Ainda de acordo com o órgão, estão sendo feitas vistorias nos imóveis afetados, assim como atendimento das famílias potencialmente atingidas.  

A PJF informou que equipes do Demlurb atuam na limpeza das vias em Santa Luzia. A equipes da Secretaria de Mobilidade Urbana orientam o trânsito. A Avenida Ibitiguaia e Feliciano Pena seguem interditadas. Os ônibus estão sendo orientados a seguir pela Avenida Barão do Rio Branco até a Rua Aurora Tôrres, e dali descem pela Rua José Nunes Leal até a Avenida Santa Luzia, seguindo para os bairros. Equipes da Empav, Secretaria de Obras e Cesama também atuam no local para atender os atingidos pelas chuvas.

A Prefeita Margarida Salomão informou através das redes sociais que na região a chuva foi de 60mm. A chefe do Executivo também informou que toda a equipe da PJF estará no local para amenizar os problemas causados pela forte chuva desta terça-feira.

A prefeita afirmou que a cidade não está preparada para enfrentar a desordem climática e que Juiz de Fora necessita de investimentos em obras de drenagem.

"Nós mais uma vez estamos enfrentando as consequências dessa desordem climática e também o fato de que nós não estamos preparados para enfrentá-la. A cidade terá que fazer um enorme investimento para que essa cena não se repita."

No último dia 9, a Prefeitura de Juiz de Fora encaminhou um Projeto de Lei (PL) para o financiamento de R$ 420 milhões de reais para custear obras de macrodrenagem como forma de enfrentar problemas relacionados a enchentes e alagamentos em bairros da cidade como Industrial, Santa Luzia, Mariano Procópio, Democrata, Linhares e na Rua Cesário Alvim. O texto ainda precisa de aprovado pela Câmara Municipal.


 

 

 

 

Tags:
Alagamentos | Chuvas | Córrego | Córregos | Geral | Política | São Paulo | São paulo córrego capital | Temporal | Transbordamento

Capa - Santa Luzia

COMENTÁRIOS: