Reprodução - Sinttro impede ônibus de seguir viagem sem cobrador

Representantes do Sindicato dos Trabalhadores em Transporte Coletivo de Juiz de Fora – SINTTRO – impediram esse micro-ônibus do Consórcio VIA JF de seguir viagem, nesta quarta-feira, 21, sem cobrador.

A ação aconteceu no bairro Monte Castelo, na Zona Norte, com a linha 655 (IF Sudeste / Universidade). O SinttroJF reforça que é contra o fim da função de cobrador e contra a dupla função do motorista.

Ainda segundo o Sindicato, só o micro-ônibus que faz a linha Jardim Laranjeiras/Dom Bosco estaria liberado para circular, desde a implantação da licitação.

Exatamente, porque os ônibus maiores reforçam o suporte naquele trecho.

O Sindicato garantiu ainda que esse micro-ônibus que circulava hoje foi colocado à revelia do SINTTRO e da Prefeitura, que já foi notificada do ocorrido.

Foi feito um boletim de ocorrência no local e a empresa enviou no fim da manhã outro ônibus com cobrador para atender os usuários.

NOTA CONSÓRCIO VIA JF MICRO-ÔNIBUS

O Consórcio VIA JF vem esclarecer à população de Juiz de Fora e aos colaboradores das empresas que o integram que iniciou, nesta Quarta-feira (21), a circulação de um micro-ônibus na linha 655 IF Sudeste x UFJF. Esclarece que micro-ônibus operam no sistema desde 2016, que sempre circularam sem cobrador, inclusive por falta de exigência no edital, o que também foi objeto de decisão judicial transitada em julgado. Por isto, a circulação de micro-ônibus sem o cobrador não afronta qualquer regra normativa ou legal, e atende a necessidade e direito dos usuários a um transporte eficiente e de qualidade.

Informa também que a circulação do micro-ônibus foi adotada em uma linha que atualmente transporta uma demanda baixíssima de passageiros, no pico de demanda, a linha chega a transportar cerca de 25 passageiros no período da manhã e 19 passageiros no período da tarde. Tais números deixa claro que esta linha específica não necessita de um ônibus grande para suprir sua demanda. A adoção do micro-ônibus no sistema visa também otimizar e reduzir o custo operacional do transporte que impacta diretamente no valor da tarifa calculada para a população.

Tags:
Bairro Monte Castelo | Coletivo Urbano | juiz de fora | Ônibus | Sinttro