RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Com uma fortuna avaliada, segundo a Forbes, em quase U$ 2 bilhões, um pouco mais de R$ 10 bilhões de reais, Beyoncé engordou ainda mais a sua conta bancária. Neste sábado (21), após cinco anos sem fazer um show aberto, a cantora se apresentou em Dubai na inauguração de um resort de luxo para 300 pessoas. A diva do pop, 41, recebeu um cachê milionário: U$ 24 milhões, o que equivale em torno de R$ 125 milhões, para cantar por um pouco mais de uma hora.

De acordo com a revista Harpes Bazar, os convidados do evento foram proibidos de entrarem com os celulares, já que "nenhuma fotografia ou vídeo da perfomance privada de Beyoncé seria permitida". Mas, quem disse que os hóspedes especiais [celebridades e milionários dos quatro cantos do mundo] iriam obedecer a determinação? Mal começou o show, várias postagens pipocaram nas redes sociais.

Uma das cenas divulgadas foi a apresentação da primogênita Blue Ivy, fruto do seu casamento com o rapper e produtor Jay-Z [eles ainda são pais dos gêmeos Sir e Rumi, 4]. A menina, 11, dividiu os vocais com a mãe na música "Brown Skin Girl".

Beyoncé fez três trocas de roupas durante o show. Começou usando um vestindo amarelo, com um espartilho e uma saia de plumas. Na sequência, usou um look vermelho, um modelo saia e também de espartilho e terminou com um minivestido rosa cheio de cristais.

O setlist do espetáculo contou com 19 músicas, incluindo sucessos como "Beautiful Liar", "Crazy in Love", "Countdown", "Naughty Girl" e "Drunk in Love". Curiosamente, ela não apresentou nenhuma faixa de seu último álbum, "Renaissance", lançado em julho de 2022.

Redes Sociais - Beyoncé em seu show em Dubai