• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Segunda-feira, 26 de dezembro de 2011, atualizada às 19h03

    11ª Campanha da Popularização do Teatro de JF terá 38 espetáculos e apresenta novidades

    Jorge Júnior
    Repórter
    teatro

    Inspirado na frase do ator Jersy Grotowski "O teatro é a arte do encontro", a 11ª Campanha de Popularização do Teatro de Juiz de Fora terá 38 espetáculos de diferentes companhias da cidade (veja programação), que apresentarão peças infantis e adultas, além de danças, durante os dias 13 de janeiro e 13 de fevereiro.

    De acordo com o presidente da Associação dos Produtores de Artes Cênicas de Juiz de Fora (Apac), Cristiano Fernandes, os ingressos serão vendidos a partir do dia 6 de janeiro, no valor de R$ 6, antecipadamente. ''A bilheteria funcionará no Calçadão da rua Halfeld, em frente ao Banco do Brasil. O horário de atendimento será das 10h às 19h, de domingo a domingo." Quem deixar para comprar na última hora, vai encontrar os ingressos a R$ 20 (inteira) e R$ 10 (meia). Os espetáculos serão apresentados de quinta a domingo, com sessões às 17h, 19h e 21h.

    Entre as novidades da campanha estão a apresentação do teatro de rua, além de um bazar com materiais dos próprios grupos de teatro. "Às vezes, alguns grupos têm muitos materiais que não são mais utilizados e nem possuem lugar para armazenar, então, o objetivo é que esses acessórios sejam vendidos por preços mais baratos." Um seminário para discutir o direcionamento das artes cênicas da cidade também está na grande do evento. "Com o tema da campanha, vamos, durante todo o ano, criar eventos, a fim de que a Apac não fique limitada apenas à campanha de popularização", afirma Fernandes.

    A abertura da 11ª Campanha de Popularização do Teatro de Juiz de Fora está marcada para o dia 12 de janeiro, às 19h, no Centro Cultural Bernardo Mascarenhas (CCBM), na avenida Getúlio Vargas 200, Centro. Na data, a exposição Darsilar, do artista plástico Yuri Mendes, será inaugurada. "Uma performance de dança será apresentada ao público, para resgatar a dança na localidade." A reunião de avaliação final será dia 13 de fevereiro, às 19 horas, também no CCBM.

    Palcos

    As peças passarão pelo CCBM, pela Casa de Cultura, pelo Teatro Pró-Música, pela Estação Cultural Silvana Marques, pelo Espaço do Instituto Federal do Sudeste de Minas Gerais, pelo Mezcla e pelo Teatro do Sesc.

    Os textos são revisados por Thaísa Hosken

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.