• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 27 de fevereiro de 2013, atualizada às 10h43

    Concurso de monografias sobre Arthur Arcuri é lançado em Juiz de Fora

    Da Redação
    arthur

    A produção intelectual do engenheiro Arthur Arcuri é o tema do concurso de monografias lançado pela Fundação Alfredo Ferreira Lage (Funalfa) em homenagem ao seu centenário de nascimento, completado na última terça-feira, 26 de fevereiro.

    A proposta é estimular o desenvolvimento de trabalhos que contribuam para a compreensão de sua obra, incluindo seus projetos, fotografias e textos.

    O melhor trabalho será premiado com R$ 3 mil. O segundo receberá R$ 1,5 mil, enquanto o prêmio para o terceiro colocado é de R$ 1 mil. A comissão julgadora também poderá conferir menções honrosas para os trabalhos que julgar merecedores. A premiação será feita em solenidade do Dia do Patrimônio Histórico (17 de agosto), em horário e local ainda não definidos.

    As inscrições são abertas para estudantes universitários de qualquer curso de graduação e de qualquer instituição de ensino superior de Juiz de Fora. A autoria pode ser individual ou em dupla, não sendo necessário que os autores sejam do mesmo curso ou instituição. O prazo para inscrição será de 25 de março a 28 de junho, no Setor de Expediente da Funalfa, na avenida Rio Branco 2.234 – 2º andar – Centro – Juiz de Fora, em horário comercial. O regulamento e a ficha de inscrição serão disponibilizados no site da PJF. As monografias devem ser originais e inéditas, versando sobre pesquisa, análise, crítica ou levantamento da produção intelectual arquitetônica e/ou artística.

    Considerado um dos pioneiros da arquitetura moderna, Arthur Arcuri deixou marcas profundas no cenário urbano, sendo autor de projetos como o Campus da UFJF e o Marco Comemorativo do Centenário de Juiz de Fora, com mural de Di Cavalcanti. A relevância do trabalho de Arcuri garantiu a ele repercussão no Brasil e no exterior. Uma das marcas do engenheiro foi a busca da integração entre homem e natureza.

    Arthur Arcuri conviveu com expoentes do modernismo, como Oscar Niemeyer, Lúcio Costa, Burle Marx, Cândido Portinari e Di Cavalcanti. Entre seus amigos estavam Murilo Mendes, Carlos Drummond de Andrade e João Guimarães Vieira, o Guima.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.