• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Quarta-feira, 13 de agosto de 2014, atualizada às13h49

    Guilherme Arantes volta aos palcos de Juiz de Fora

    Vívia Lima
    *Colaboração
    Guilherme Arantes

    O cantor e compositor Guilherme Arantes, conhecido pelo sucesso das músicas de MPB e pelas trilhas sonoras de algumas novelas, apresenta o projeto MPB pelo Brasil nesta sexta, 15 de agosto, no German para cantar os maiores sucessos da sua carreira, além de canções do novo trabalho, Condição Humana.  

    Segundo o cantor, suas composições são fruto de fortes laços com a Bossa Nova, Chico Buarque, Gilberto Gil, Caetano, Milton e todo o Clube da Esquina. Suas músicas exalam o amor pois "o amor é um tema inesgotável, e através dele fluem todos os outros questionamentos da vida."

    Guilherme Arantes já se apresentou na cidade em outras ocasiões, para ele, tocar aqui é "sempre mágico e especial, já que Juiz de Fora é adorável, com um design cultural todo próprio, um estilo muito lindo de ser brasileiro. Vai ser um prazer enorme poder voltar", afirma.

    No show, ele promete um repertório com Um Dia Um Adeus, Meu Mundo e nada Mais, Planeta Água, e muitos outros hits que marcaram os anos oitenta."Gosto de tocar as clássicas, isso me faz recriar toda vez que me apresento. Essas e mais umas 20 músicas não posso deixar de tocar, são sempre as mais pedidas, mas a preferida por ele é Um dia, um Adeus, pela harmonia da canção.

    A experiência de quase 40 anos, não retirou de Guilherme o "calor" e apreensão antes dos shows. "Não é mais um "frio", mas um "calor" pois fico muito concentrado, já que o show é um ritual espiritual, e hoje eu sei tirar partido dessa consciência e promover uma catarse com o publico. Antigamente eu não tinha esses poderes" conta.

    Quando questionado por ser conhecido como um hitmaker, responsável por músicas muito conhecidas, ele responde: "ser ou não hitmaker é fruto de um contexto. Para mim, esse contexto comercial ficou muito relativizado".

    Ele que já embalou várias trilhas sonoras de novelas como Meu Mundo e nada Mais, em Anjo Mau; Cuide-se bem em Duas Vidas; Amanhã em Dancing Days entre outras, acredita que tudo foi sorte, isso mesmo. Para ele suas músicas foram escolhidas graças à "concordância de fase" com a linguagem da teledramaturgia. No próximo ano, o cantor planeja lançar um DVD em comemoração aos 40 anos de carreira.

    *Vívia Lima é estudante do 7º período de Jornalismo da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.