• Assinantes
  • Autenticação
  • Cultura
    Sexta-feira, 22 de janeiro de 2016, atualizada às 15h37

    Cine-Theatro Central abre edital com 160 datas para ocupação artística

    foto

    A partir da próxima segunda-feira, 25 de janeiro, produtores culturais interessados em realizar seus projetos no Cine-Theatro Central já vão poder se inscrever para se candidatar a uma vaga na agenda do espaço entre 1º de abril de 2016 e 31 de março de 2017. Os documentos exigidos em edital devem ser entregues de segunda a sexta, das 9h às 12h e das 14h às 17h, na sede do teatro, na praça João Pessoa, s/n°, Centro. O resultado final da seleção será divulgado no dia 4 de março.

    Nesta segunda edição da chamada pública para ocupação artística e cultural do Cine-Theatro, a quantidade de datas foi ampliada para 160 dias, dos quais 50% - 80 datas, são para inscrição imediata de projetos para espetáculos de teatro adulto, teatro infantil, dança, música, conferências, palestras, formaturas e afins.

    Outras 65 datas (40,6%) estão destinadas para a chamada demanda espontânea, uma reserva para produtores que solicitarem a ocupação do teatro nas datas remanescentes entre 5 de março de 2016 e 1º de março de 2017, com antecedência mínima de 30 dias do evento. As inscrições nesse caso serão feitas de modo contínuo durante todo o período, após a divulgação do resultado dos projetos de inscrição imediata.

    As últimas 15 datas (9,4%) são destinadas para o Luz da Terra, projeto da Pró-reitoria de Cultura voltado para a democratização do acesso ao Central por produtores de Juiz de Fora com atividades artísticas e culturais a preços populares. Para o preenchimento das vagas do projeto, que chega a sua quarta edição este ano com um aumento no número de datas disponibilizadas, será lançado edital específico em março.

    Condições

    Projetos de ocupação do Central poderão ser inscritos tanto por pessoas jurídicas (produtores teatrais, associações de classe, entidades, grupos de artistas em teatro, entre outros) quanto por pessoas físicas. Cada proponente poderá inscrever mais de uma proposta, sem limite para o número de projetos inscritos, de modo que um proponente poderá vir a ter mais de um projeto selecionado, caso suas propostas atendam aos requisitos para ocupação do local.

    Os inscritos passarão por um processo de triagem, no qual será verificada a apresentação de informações e documentação necessária. Os projetos classificados nessa fase serão em seguida avaliados pelo Conselho Diretor do Cine-Theatro Central, que os julgará com base em quatro critérios: análise da proposta; viabilidade técnica; relevância da realização no contexto local e diversidade das propostas. Cada um deles poderá receber até 25 pontos.

    Transparência

    A ocupação do Central através da abertura de Chamada Pública tem o objetivo de estabelecer critérios, especificando em detalhes o processo de inscrição e seleção das propostas, documentação a ser apresentada e condições de participação. O objetivo reiterado nesta segunda edição é "colaborar com a política de transparência, publicização e democratização do acesso de artistas e produtores" a um equipamento público como o Cine-Theatro Central "em consonância com as diretrizes dos órgãos de controle". 

    Com informações da UFJF

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.