SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - Um funcionário da rede de lanchonetes Burger King disse na quinta-feira (18) à tarde ter sido impedido de deixar o quiosque em que trabalha para usar o banheiro, o que teria feito com que ele fizesse xixi nas calças. Ele trabalha em uma unidade instalada em um shopping em Aracaju (Sergipe).

José Vinicius Santos divulgou o ocorrido em sua conta na rede social Instagram. "Quero relatar aqui o inevitável", disse, no vídeo. "Porque se sair daqui do quiosque, eu levo advertência. Na segunda, eu levo suspensão, e na terceira é justa causa", afirmou.

O funcionário da rede também relatou ter recebido uma advertência no dia anterior por ter deixado o posto de trabalho ao fim do expediente. "Cheguei 8h20 e bati [o ponto] 16h40. Fui embora na minha hora e tomei uma suspensão."

"Isso aqui é uma injustiça e não pode acontecer", afirmou Santos, no vídeo que se tornou viral algumas horas depois da publicação.

No texto que acompanhou o vídeo, ele disse que a situação "parece até piada".

"Não posso sair do quiosque porque se não levo advertência, já recebi uma ontem porque eu não quis fazer hora extra, exatamente, levei advertência porque não fiz hora extra, isso é revoltante, totalmente inaceitável", escreveu.

Em nota, o Burger King disse lamentar profundamente o que aconteceu e afirmou não tolerar qualquer tipo de falta de respeito.

"Informamos que as pessoas envolvidas no caso foram afastadas enquanto apuramos todas as informações. Estamos prestando todo o apoio e acompanhando o colaborador. Temos na nossa cultura a prática do respeito com as pessoas em qualquer ambiente e não deixaremos de tomar todas as medidas cabíveis."

Tags:
Burger King | Economia

Reprodução - Trabalhador diz ter feito xixi nas calças por não poder sair de quiosque do Burger King