Lucas Soares Lucas Soares 5/01/2015

Pitacos do Vai e Vem do futebol

Dezembro e janeiro são meses que não se fala muito de bola rolando, e sim, de bastidores e contratações. Isso não é novidade para quem acompanha o futebol. Aproveitei o mês para dar um tempo também na coluna, visto que estava de férias, e recarregar as energias. Hoje, na coluna de estreia de 2015, chego para falar sobre as movimentações do mercado da bola.

Entre idas e vindas, os clubes vão se reforçando, perdendo jogadores importantes ou pouco se movimentando no mercado, pelo menos de forma explícita. A ideia da coluna de hoje é fazer uma análise das principais contratações dos principais clubes do RJ, MG, RS e SP, dando pequenas opiniões sobre como cada um vai conduzindo o período das janelas de transferências.

Atlético-MG

O campeão da Copa do Brasil se reforçou com apenas com o atacante Lucas Pratto (ex-Vélez) e não teve a saída de nenhum jogador até o momento (fora aqueles que foram afastados ainda em 2014, casos de Jô, André e Emerson Conceição). No entanto, o Galo passa por dificuldades financeiras, e o assédio chinês ao Diego Tardelli, principal jogador da equipe, pode pesar.

Botafogo

O clube vive atualmente a maior crise financeira do futebol brasileiro, está na Série B e tem dificuldades na montagem do elenco. Além disso, já perdeu os jovens Gabriel e Daniel, de graça, por atrasos salariais e dispensou uma série de atletas, entre eles o medalhão Carlos Alberto. O goleiro da seleção brasileira Jefferson ainda não renovou contrato, embora tenha afirmado que o desejo é permanecer. O clube afirma estar com 13 jogadores praticamente certos, que devem ser anunciados entre esta segunda-feira e a próxima terça.

Corinthians

O Timão também vive uma crise financeira e chegou a pedir dinheiro emprestado para quitar salários de jogadores. No entanto, tenta montar engenharias financeiras para se reforçar. Trouxe de volta o técnico Tite e acertou com os volantes Cristian, ídolo do clube, e Jonas (ex-Sampaio Correa), além do colombiano Mendoza. Perdeu o zagueiro titular Anderson Martins para o Catar, após o clube que o emprestou ativar uma cláusula e requerer o defensor de volta.

Cruzeiro

O campeão brasileiro se reforçou com jogadores que se destacaram no campeonato. Trouxe o camaronês Joel, do Coritiba, e o lateral Fabiano, da Chapecoense. A única saída foi o meia-atacante Marlone, que foi para o Fluminense.

Flamengo

O Rubro-Negro carioca mantém a política de pés no chão para contratar. Foram anunciados, até o momento, cinco nomes: o lateral-direito Pará (ex-Grêmio), o lateral-esquerdo/meio-campo Thallyson (ex-ASA), o zagueiro Bressan (ex-Grêmio), o meia Arthur Maia (ex-América-RN) e o atacante Marcelo Cirino (ex-Atlético-PR), o mais renomado dos reforços. O Mengão também fez uma limpa no elenco e liberou vários atletas que não caíram nas graças da Nação para procurarem outros clubes.

Fluminense

O Tricolor Carioca vive uma incógnita. Com a saída da Unimed-Rio como sua patrocinadora, o clube se vê de mãos atadas para contratações de jogadores de renome com salários astronômicos. Até o momento, sete atletas já foram anunciados, embora nenhum tenha tido tanto destaque nacionalmente até agora. Por outro lado, perdeu os dois laterais titulares para o São Paulo, o atacante Rafael Sóbis foi para o futebol mexicano e os volantes Diguinho e Valência deixaram o Fluzão. Soma-se à isso o assédio de outros clubes às estrelas da companhia, Conca e Fred, que têm a maior parte dos salários pagos pela cooperativa de médicos.

Grêmio

O Tricolor Gaúcho se movimentou pouco no mercado até o momento. Fechou a contratação do armador Douglas, que já teve passagem pelo clube e estava no Vasco, o multi-posição Marcelo Oliveira (ex-Palmeiras) e deve fechar com o zagueiro Erazo, do Flamengo e da seleção equatoriana. A principal perda, até aqui, foi do quarentão Zé Roberto, que não teve o contrato renovado e vai para o Palmeiras.

Internacional

O Inter trouxe o lateral Léo, que pertence ao Flamengo, por empréstimo para suprir a ausência de Wellinton Silva, que volta ao Fluminense. Até o momento, não se movimentou muito no mercado e aguarda boas oportunidades.

Palmeiras

O Verdão busca uma melhor campanha após quase ter sido rebaixado no Brasileirão de 2014. A equipe vem se reforçando com jogadores que tiveram passagens de destaque por outros clubes, como os volantes Amaral (ex-Goiás) e Gabriel (ex-Botafogo), o atacante Leandro Pereira (ex-Chapecoense), o lateral Lucas (ex-Botafogo) e o experiente meia Zé Roberto, que deixou o Grêmio.

Santos

Afundado em dívidas, o Peixe não conseguiu fechar a contratação de nenhum jogador até o momento e se vê de mãos atadas para a permanência de quem está lá, visto que os salários estão atrasados há mais de dois meses.

São Paulo

O Tricolor Paulista foi ao Rio de Janeiro e se reforçou com os laterais Bruno e Carlinhos, que estavam no Fluminense, e o meia Daniel, que jogou pelo Botafogo. Além disso, conta com o retorno do zagueiro Breno, que tenta retomar a carreira após ficar dois anos e meio preso na Alemanha após atear fogo na própria casa. A única perda foi Kaká, que foi para o futebol dos Estados Unidos.

Vasco

O Vasco busca a renovação do seu elenco após voltar à elite do Brasileirão. Sem nenhuma contratação de impacto, o Cruz-maltino aposta em jogadores que deram certo em divisões inferiores à Série A para reforçar o elenco. Além disso, o presidente Eurico Miranda acertou a contratação do paraguaio Julio dos Santos, artilheiro da última Libertadores da América.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

-
Lucas Soares Lucas Soares 5/01/2015

Pitacos do Vai e Vem do futebol

Dezembro e janeiro são meses que não se fala muito de bola rolando, e sim, de bastidores e contratações. Isso não é novidade para quem acompanha o futebol. Aproveitei o mês para dar um tempo também na coluna, visto que estava de férias, e recarregar as energias. Hoje, na coluna de estreia de 2015, chego para falar sobre as movimentações do mercado da bola.

Entre idas e vindas, os clubes vão se reforçando, perdendo jogadores importantes ou pouco se movimentando no mercado, pelo menos de forma explícita. A ideia da coluna de hoje é fazer uma análise das principais contratações dos principais clubes do RJ, MG, RS e SP, dando pequenas opiniões sobre como cada um vai conduzindo o período das janelas de transferências.

Atlético-MG

O campeão da Copa do Brasil se reforçou com apenas com o atacante Lucas Pratto (ex-Vélez) e não teve a saída de nenhum jogador até o momento (fora aqueles que foram afastados ainda em 2014, casos de Jô, André e Emerson Conceição). No entanto, o Galo passa por dificuldades financeiras, e o assédio chinês ao Diego Tardelli, principal jogador da equipe, pode pesar.

Botafogo

O clube vive atualmente a maior crise financeira do futebol brasileiro, está na Série B e tem dificuldades na montagem do elenco. Além disso, já perdeu os jovens Gabriel e Daniel, de graça, por atrasos salariais e dispensou uma série de atletas, entre eles o medalhão Carlos Alberto. O goleiro da seleção brasileira Jefferson ainda não renovou contrato, embora tenha afirmado que o desejo é permanecer. O clube afirma estar com 13 jogadores praticamente certos, que devem ser anunciados entre esta segunda-feira e a próxima terça.

Corinthians

O Timão também vive uma crise financeira e chegou a pedir dinheiro emprestado para quitar salários de jogadores. No entanto, tenta montar engenharias financeiras para se reforçar. Trouxe de volta o técnico Tite e acertou com os volantes Cristian, ídolo do clube, e Jonas (ex-Sampaio Correa), além do colombiano Mendoza. Perdeu o zagueiro titular Anderson Martins para o Catar, após o clube que o emprestou ativar uma cláusula e requerer o defensor de volta.

Cruzeiro

O campeão brasileiro se reforçou com jogadores que se destacaram no campeonato. Trouxe o camaronês Joel, do Coritiba, e o lateral Fabiano, da Chapecoense. A única saída foi o meia-atacante Marlone, que foi para o Fluminense.

Flamengo

O Rubro-Negro carioca mantém a política de pés no chão para contratar. Foram anunciados, até o momento, cinco nomes: o lateral-direito Pará (ex-Grêmio), o lateral-esquerdo/meio-campo Thallyson (ex-ASA), o zagueiro Bressan (ex-Grêmio), o meia Arthur Maia (ex-América-RN) e o atacante Marcelo Cirino (ex-Atlético-PR), o mais renomado dos reforços. O Mengão também fez uma limpa no elenco e liberou vários atletas que não caíram nas graças da Nação para procurarem outros clubes.

Fluminense

O Tricolor Carioca vive uma incógnita. Com a saída da Unimed-Rio como sua patrocinadora, o clube se vê de mãos atadas para contratações de jogadores de renome com salários astronômicos. Até o momento, sete atletas já foram anunciados, embora nenhum tenha tido tanto destaque nacionalmente até agora. Por outro lado, perdeu os dois laterais titulares para o São Paulo, o atacante Rafael Sóbis foi para o futebol mexicano e os volantes Diguinho e Valência deixaram o Fluzão. Soma-se à isso o assédio de outros clubes às estrelas da companhia, Conca e Fred, que têm a maior parte dos salários pagos pela cooperativa de médicos.

Grêmio

O Tricolor Gaúcho se movimentou pouco no mercado até o momento. Fechou a contratação do armador Douglas, que já teve passagem pelo clube e estava no Vasco, o multi-posição Marcelo Oliveira (ex-Palmeiras) e deve fechar com o zagueiro Erazo, do Flamengo e da seleção equatoriana. A principal perda, até aqui, foi do quarentão Zé Roberto, que não teve o contrato renovado e vai para o Palmeiras.

Internacional

O Inter trouxe o lateral Léo, que pertence ao Flamengo, por empréstimo para suprir a ausência de Wellinton Silva, que volta ao Fluminense. Até o momento, não se movimentou muito no mercado e aguarda boas oportunidades.

Palmeiras

O Verdão busca uma melhor campanha após quase ter sido rebaixado no Brasileirão de 2014. A equipe vem se reforçando com jogadores que tiveram passagens de destaque por outros clubes, como os volantes Amaral (ex-Goiás) e Gabriel (ex-Botafogo), o atacante Leandro Pereira (ex-Chapecoense), o lateral Lucas (ex-Botafogo) e o experiente meia Zé Roberto, que deixou o Grêmio.

Santos

Afundado em dívidas, o Peixe não conseguiu fechar a contratação de nenhum jogador até o momento e se vê de mãos atadas para a permanência de quem está lá, visto que os salários estão atrasados há mais de dois meses.

São Paulo

O Tricolor Paulista foi ao Rio de Janeiro e se reforçou com os laterais Bruno e Carlinhos, que estavam no Fluminense, e o meia Daniel, que jogou pelo Botafogo. Além disso, conta com o retorno do zagueiro Breno, que tenta retomar a carreira após ficar dois anos e meio preso na Alemanha após atear fogo na própria casa. A única perda foi Kaká, que foi para o futebol dos Estados Unidos.

Vasco

O Vasco busca a renovação do seu elenco após voltar à elite do Brasileirão. Sem nenhuma contratação de impacto, o Cruz-maltino aposta em jogadores que deram certo em divisões inferiores à Série A para reforçar o elenco. Além disso, o presidente Eurico Miranda acertou a contratação do paraguaio Julio dos Santos, artilheiro da última Libertadores da América.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.

Lucas Soares Lucas Soares 5/01/2015

Pitacos do Vai e Vem do futebol

Dezembro e janeiro são meses que não se fala muito de bola rolando, e sim, de bastidores e contratações. Isso não é novidade para quem acompanha o futebol. Aproveitei o mês para dar um tempo também na coluna, visto que estava de férias, e recarregar as energias. Hoje, na coluna de estreia de 2015, chego para falar sobre as movimentações do mercado da bola.

Entre idas e vindas, os clubes vão se reforçando, perdendo jogadores importantes ou pouco se movimentando no mercado, pelo menos de forma explícita. A ideia da coluna de hoje é fazer uma análise das principais contratações dos principais clubes do RJ, MG, RS e SP, dando pequenas opiniões sobre como cada um vai conduzindo o período das janelas de transferências.

Atlético-MG

O campeão da Copa do Brasil se reforçou com apenas com o atacante Lucas Pratto (ex-Vélez) e não teve a saída de nenhum jogador até o momento (fora aqueles que foram afastados ainda em 2014, casos de Jô, André e Emerson Conceição). No entanto, o Galo passa por dificuldades financeiras, e o assédio chinês ao Diego Tardelli, principal jogador da equipe, pode pesar.

Botafogo

O clube vive atualmente a maior crise financeira do futebol brasileiro, está na Série B e tem dificuldades na montagem do elenco. Além disso, já perdeu os jovens Gabriel e Daniel, de graça, por atrasos salariais e dispensou uma série de atletas, entre eles o medalhão Carlos Alberto. O goleiro da seleção brasileira Jefferson ainda não renovou contrato, embora tenha afirmado que o desejo é permanecer. O clube afirma estar com 13 jogadores praticamente certos, que devem ser anunciados entre esta segunda-feira e a próxima terça.

Corinthians

O Timão também vive uma crise financeira e chegou a pedir dinheiro emprestado para quitar salários de jogadores. No entanto, tenta montar engenharias financeiras para se reforçar. Trouxe de volta o técnico Tite e acertou com os volantes Cristian, ídolo do clube, e Jonas (ex-Sampaio Correa), além do colombiano Mendoza. Perdeu o zagueiro titular Anderson Martins para o Catar, após o clube que o emprestou ativar uma cláusula e requerer o defensor de volta.

Cruzeiro

O campeão brasileiro se reforçou com jogadores que se destacaram no campeonato. Trouxe o camaronês Joel, do Coritiba, e o lateral Fabiano, da Chapecoense. A única saída foi o meia-atacante Marlone, que foi para o Fluminense.

Flamengo

O Rubro-Negro carioca mantém a política de pés no chão para contratar. Foram anunciados, até o momento, cinco nomes: o lateral-direito Pará (ex-Grêmio), o lateral-esquerdo/meio-campo Thallyson (ex-ASA), o zagueiro Bressan (ex-Grêmio), o meia Arthur Maia (ex-América-RN) e o atacante Marcelo Cirino (ex-Atlético-PR), o mais renomado dos reforços. O Mengão também fez uma limpa no elenco e liberou vários atletas que não caíram nas graças da Nação para procurarem outros clubes.

Fluminense

O Tricolor Carioca vive uma incógnita. Com a saída da Unimed-Rio como sua patrocinadora, o clube se vê de mãos atadas para contratações de jogadores de renome com salários astronômicos. Até o momento, sete atletas já foram anunciados, embora nenhum tenha tido tanto destaque nacionalmente até agora. Por outro lado, perdeu os dois laterais titulares para o São Paulo, o atacante Rafael Sóbis foi para o futebol mexicano e os volantes Diguinho e Valência deixaram o Fluzão. Soma-se à isso o assédio de outros clubes às estrelas da companhia, Conca e Fred, que têm a maior parte dos salários pagos pela cooperativa de médicos.

Grêmio

O Tricolor Gaúcho se movimentou pouco no mercado até o momento. Fechou a contratação do armador Douglas, que já teve passagem pelo clube e estava no Vasco, o multi-posição Marcelo Oliveira (ex-Palmeiras) e deve fechar com o zagueiro Erazo, do Flamengo e da seleção equatoriana. A principal perda, até aqui, foi do quarentão Zé Roberto, que não teve o contrato renovado e vai para o Palmeiras.

Internacional

O Inter trouxe o lateral Léo, que pertence ao Flamengo, por empréstimo para suprir a ausência de Wellinton Silva, que volta ao Fluminense. Até o momento, não se movimentou muito no mercado e aguarda boas oportunidades.

Palmeiras

O Verdão busca uma melhor campanha após quase ter sido rebaixado no Brasileirão de 2014. A equipe vem se reforçando com jogadores que tiveram passagens de destaque por outros clubes, como os volantes Amaral (ex-Goiás) e Gabriel (ex-Botafogo), o atacante Leandro Pereira (ex-Chapecoense), o lateral Lucas (ex-Botafogo) e o experiente meia Zé Roberto, que deixou o Grêmio.

Santos

Afundado em dívidas, o Peixe não conseguiu fechar a contratação de nenhum jogador até o momento e se vê de mãos atadas para a permanência de quem está lá, visto que os salários estão atrasados há mais de dois meses.

São Paulo

O Tricolor Paulista foi ao Rio de Janeiro e se reforçou com os laterais Bruno e Carlinhos, que estavam no Fluminense, e o meia Daniel, que jogou pelo Botafogo. Além disso, conta com o retorno do zagueiro Breno, que tenta retomar a carreira após ficar dois anos e meio preso na Alemanha após atear fogo na própria casa. A única perda foi Kaká, que foi para o futebol dos Estados Unidos.

Vasco

O Vasco busca a renovação do seu elenco após voltar à elite do Brasileirão. Sem nenhuma contratação de impacto, o Cruz-maltino aposta em jogadores que deram certo em divisões inferiores à Série A para reforçar o elenco. Além disso, o presidente Eurico Miranda acertou a contratação do paraguaio Julio dos Santos, artilheiro da última Libertadores da América.


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, é jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e apaixonado por futebol. Atualmente, é aluno de pós-graduação em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora, Repórter no portal Acessa.com e Editor-chefe do blog Flamengo em Foco. Já atuou em veículos impressos da cidade e como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal.