Lucas Soares Lucas Soares 23/11/2015

Um campeão indiscutível

Os atleticanos podem até chorar, alegando que os erros de arbitragem que acabaram favorecendo o Corinthians decidiram o título do Brasileirão 2015, mas de nada adianta. E o choro é sem razão. O Timão é o campeão deste ano, com mérito e com sobras. Muitas sobras!

Ao contrário do rival mineiro, que chegou até a liderar o campeonato, o Corinthians não vacilou. Campeão com três rodadas de antecedência, o clube paulista só foi derrotado em quatro jogos. Número impressionantemente baixo para um torneio do nível do Brasileirão. A equipe de Tite mereceu o título por ser bem treinada, ter um elenco forte, jogadores capazes e pelo presidente Roberto de Andrade ter gerido a crise financeira com maestria.

A cereja do bolo não foi a volta olímpica em São Januário. Foi ontem (22), em Itaquera. Com a histórica e impiedosa goleada por 6 a 1 diante do rival São Paulo, o Timão fez jus ao apelido e massacrou o rival. Um detalhe: com uma equipe mista (praticamente reserva)!

Em 2016, o Corinthians tende a ficar ainda mais forte. Se não perder jogadores importantes do elenco, como Jadson, Renato Augusto, Elias, Gil e Vágner Love, o clube paulista certamente vai figurar entre os primeiros colocados de novo. O "banco de loucos" teme agora a investida do mercado asiático, famoso por gostar de jogadores com rodagem e mais velhos.

Z-4

Com boa parte do campeonato decidido, as atenções agora estão voltadas para a zona de rebaixamento, que sempre reserva emoções até a última rodada. O Vasco conseguiu uma importante vitória contra o Joinville por 2 a 1, que além de rebaixar o rival, deu esperança ao cruz-maltino de permanecer na elite. No entanto, a conta é tão complicada, que mesmo que o Gigante da Colina vença seus dois últimos jogos, ainda pode cair. Haja coração!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.

-
Lucas Soares Lucas Soares 23/11/2015

Um campeão indiscutível

Os atleticanos podem até chorar, alegando que os erros de arbitragem que acabaram favorecendo o Corinthians decidiram o título do Brasileirão 2015, mas de nada adianta. E o choro é sem razão. O Timão é o campeão deste ano, com mérito e com sobras. Muitas sobras!

Ao contrário do rival mineiro, que chegou até a liderar o campeonato, o Corinthians não vacilou. Campeão com três rodadas de antecedência, o clube paulista só foi derrotado em quatro jogos. Número impressionantemente baixo para um torneio do nível do Brasileirão. A equipe de Tite mereceu o título por ser bem treinada, ter um elenco forte, jogadores capazes e pelo presidente Roberto de Andrade ter gerido a crise financeira com maestria.

A cereja do bolo não foi a volta olímpica em São Januário. Foi ontem (22), em Itaquera. Com a histórica e impiedosa goleada por 6 a 1 diante do rival São Paulo, o Timão fez jus ao apelido e massacrou o rival. Um detalhe: com uma equipe mista (praticamente reserva)!

Em 2016, o Corinthians tende a ficar ainda mais forte. Se não perder jogadores importantes do elenco, como Jadson, Renato Augusto, Elias, Gil e Vágner Love, o clube paulista certamente vai figurar entre os primeiros colocados de novo. O "banco de loucos" teme agora a investida do mercado asiático, famoso por gostar de jogadores com rodagem e mais velhos.

Z-4

Com boa parte do campeonato decidido, as atenções agora estão voltadas para a zona de rebaixamento, que sempre reserva emoções até a última rodada. O Vasco conseguiu uma importante vitória contra o Joinville por 2 a 1, que além de rebaixar o rival, deu esperança ao cruz-maltino de permanecer na elite. No entanto, a conta é tão complicada, que mesmo que o Gigante da Colina vença seus dois últimos jogos, ainda pode cair. Haja coração!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.

Lucas Soares Lucas Soares 23/11/2015

Um campeão indiscutível

Os atleticanos podem até chorar, alegando que os erros de arbitragem que acabaram favorecendo o Corinthians decidiram o título do Brasileirão 2015, mas de nada adianta. E o choro é sem razão. O Timão é o campeão deste ano, com mérito e com sobras. Muitas sobras!

Ao contrário do rival mineiro, que chegou até a liderar o campeonato, o Corinthians não vacilou. Campeão com três rodadas de antecedência, o clube paulista só foi derrotado em quatro jogos. Número impressionantemente baixo para um torneio do nível do Brasileirão. A equipe de Tite mereceu o título por ser bem treinada, ter um elenco forte, jogadores capazes e pelo presidente Roberto de Andrade ter gerido a crise financeira com maestria.

A cereja do bolo não foi a volta olímpica em São Januário. Foi ontem (22), em Itaquera. Com a histórica e impiedosa goleada por 6 a 1 diante do rival São Paulo, o Timão fez jus ao apelido e massacrou o rival. Um detalhe: com uma equipe mista (praticamente reserva)!

Em 2016, o Corinthians tende a ficar ainda mais forte. Se não perder jogadores importantes do elenco, como Jadson, Renato Augusto, Elias, Gil e Vágner Love, o clube paulista certamente vai figurar entre os primeiros colocados de novo. O "banco de loucos" teme agora a investida do mercado asiático, famoso por gostar de jogadores com rodagem e mais velhos.

Z-4

Com boa parte do campeonato decidido, as atenções agora estão voltadas para a zona de rebaixamento, que sempre reserva emoções até a última rodada. O Vasco conseguiu uma importante vitória contra o Joinville por 2 a 1, que além de rebaixar o rival, deu esperança ao cruz-maltino de permanecer na elite. No entanto, a conta é tão complicada, que mesmo que o Gigante da Colina vença seus dois últimos jogos, ainda pode cair. Haja coração!


Lucas Soares é natural de Juiz de Fora, jornalista formado pelo Centro de Ensino Superior de Juiz de Fora em dezembro de 2012 e pós-graduado em Jornalismo Multiplataforma na Universidade Federal de Juiz de Fora. Apaixonado por futebol e repórter no portal Acessa.com. Já atuou em veículos impressos da cidade, como assessor de imprensa na PJF e na Câmara Municipal e foi editor-chefe do blog Flamengo em Foco por dois anos e sete meses.