Daniela Arag?o
Cantora juizforana interpreta o grande poeta Cacaso

Djenane Pimentel
15/09/04

Clique no ?cone ao lado para ouvir a interpreta??o da cantora com a m?sica Amor, Amor (de Sueli Costa e Cacaso)!

Ou?a!

Daniela Arag?o

Estudiosa da m?sica popular brasileira. ? assim que se considera a cantora juizforana, Daniela Arag?o. Criada em um ambiente ligado ? arte, a casa do tio traz, al?m de saudades, o sentimento de que a voca??o sempre fala mais alto. "A casa de meu tio, Luiz Affonso Pedreira, era uma lugar onde, desde pequena, eu ouvia muita m?sica, e por l? circulavam muitos artistas, como Dnar Rocha, Sueli Costa, artistas pl?sticos... Aquilo se tornou um laborat?rio para mim", lembra.

Daniela conta que come?ou a cantar com 15 anos. Estava em um anivers?rio e, quando soltou a voz, familiares e amigos ficaram admirados. Entre eles estava Sueli Costa, que tamb?m foi uma incentivadora.
Mas, segundo a cantora, a vida d? voltas e, na verdade, faz pouco tempo que resolveu que m?sica ? realmente o que gosta e quer fazer.

Correndo atr?s
Apaixonada por Bossa Nova, Daniela decidiu cursar Letras, pois achava que a faculdade lhe traria a possibilidade de estar pr?xima da poesia e da m?sica. Durante o curso, na Universidade Federal de Juiz de Fora (UFJF), realizou um trabalho sobre Elis Regina, que lhe rendeu uma apresenta??o, interpretando can?es da grande cantora brasileira.

Daniela Arag?o Depois disso, passou a integrar, como solista, a orquestra de Jazz do Pr?-M?sica e, mais recentemente, conheceu o m?sico Jo?o Medeiros Filho, que lhe convidou para gravar a can??o Sol da Tarde, em seu CD Poema e Can??o. "Ficou muito bonito", orgulha-se Daniela, que tamb?m fez alguns shows pela cidade com os m?sicos M?rcio Hallack, Big Charles, Goian?, Helio Quirino e Prieto.



Interpretando Cacaso
Foto: Cacaso - Arquivos da Ag?ncia Globo Jo?o Medeiros Filho foi quem apresentou Sueli Costa ao poeta Ant?nio Carlos Ferreira de Brito - Cacaso - no in?cio dos anos 70. Nascido em Uberaba (MG), Cacaso se tornou um dos principais parceiros nas composi?es n?o s? de Sueli, mas tamb?m de outros, como N?lson Angelo (ex-Clube da Esquina), Edu Lobo, Francis Hime, Joyce e Tom Jobim.

Apaixonada pela obra de Cacaso, Daniela resolveu fazer uma monografia de mestrado (na UFRJ) sobre o poeta. Mas qual n?o foi sua surpresa ao conhecer, em mar?o do ano passado, seu filho, o jornalista Pedro Landim.
Daniela, que queria apenas uma entrevista, acabou conseguindo muito mais: os di?rios, letras e desenhos do poeta. "Pude ver todo o processo de cria??o da poesia dele e me encantei ainda mais", declara.

Cacaso, que nunca teve grande exposi??o na m?dia, embora tenha influenciado muitas gera?es, faleceu no dia 27 de dezembro de 1987. Um jornal da ?poca afirmou, no dia de sua morte, que ele havia sido uma "poesia r?pida como a vida".

Tamb?m por isso, a fim de revelar a obra do mestre a quem ainda n?o o conhece, ? que Daniela canta Cacaso. "Suas poesias me tocam muito", diz. O show que Daniela faz em homenagem ao poeta tem a participa??o dos m?sicos M?rcio Hallack (teclado e arranjos), Berval Moraes (contrabaixo), Guilherme Stephan (bateria) e Daniela Arag?o (voz).

Clique aqui para saber mais sobre o show de Daniela Arag?o