SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - A Anvisa (Agência Nacional de Vigilância Sanitária) aprovou nesta terça (19) o primeiro teste para diagnóstico da varíola dos macacos no Brasil. A agência diz que o processo para aprovação do produto levou 39 dias e atendeu aos requisitos do órgão, como desempenho clínico e o gerenciamento de risco.

Segundo a Anvisa, o teste é fabricado pela Fiocruz (Fundação Oswaldo Cruz) e se destina ao diagnóstico e vigilância epidemiológica de orthopox, varíola dos macacos e varicella zoster. A tecnologia de detecção é semelhante ao usado pela Covid-19 e baseia-se em PCR, indicado para o processamento de amostras clínicas.

A disponibilidade do teste no mercado depende da empresa que possui o registro do produto.

COMO É A TRANSMISSÃO E QUAIS OS SINTOMAS DA VARÍOLA DOS MACACOS?

O Ministério da Saúde lançou em agosto uma campanha de conscientização sobre a doença, para orientar as pessoas sobre como lidar com esse problema.

CONFIRA ABAIXO OS SINTOMAS MAIS COMUNS DA DOENÇA

-Febre;

-Dor de cabeça forte;

-Inchaço nos linfonodos (conhecido popularmente como "íngua");

-Dor nas costas;

-Dores musculares;

-Falta de energia intensa.

A transmissão acontece, na maior parte dos casos, por contato físico pele a pele com lesões, ou fluidos corporais, mas, também pode ocorrer através de objetos contaminados por alguém infectado. Importante relembrar que a doença afeta todo mundo, independente de sexualidade, idade ou raça.