SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Com armas de grosso calibre e explosivos, suspeitos renderam funcionários de um posto de combustível no município de Ceará-Mirim (RN) e levaram pelo menos R$ 120 mil de um cofre no local.

O caso foi registrado na madrugada da segunda-feira (19), quando, segundo a Polícia Civil do Rio Grande do Norte, três pessoas trabalhavam na região do posto: um frentista, uma atendente de loja de conveniência e um atendente de uma pousada no local.

Câmeras de segurança flagraram a ação dos suspeitos. Nas imagens, é possível ver que, por volta das 2h, eles concentram as vítimas em um ponto do posto e correm para explodir o cofre.

Além dos funcionários rendidos, um motociclista que passava no local também ficou sob a mira dos suspeitos.

"Foram de cinco a oito elementos fortemente armados. Além dos objetos pessoais que levaram de três pessoas, explodiram o cofre no local", afirmou o delegado Luciano Augusto, da Deicor (Divisão Especializada em Investigação e Combate ao Crime Organizado).

De acordo com a Polícia Civil, ninguém ficou ferido na ação. Um inquérito foi instaurado para investigar a autoria do crime e nenhum suspeito foi preso.