SÃO PAULO, SP (UOL/FOLHAPRESS) - Uma mulher foi presa com notas de dólar presas ao corpo durante uma blitz da Polícia Rodoviária Federal na BR-290, em Santa Catarina. O amontoado de dólares escondido por baixo da roupa da suspeita totalizava US$ 100 mil, cerca de R$ 530 mil na cotação atual.

O caso aconteceu na segunda-feira (21), na altura da cidade de Pântano Grande (SC). A mulher, de 40 anos, estava em um carro acompanhada de um homem, de 46, viajando em direção a Porto Alegre. Questionados pelos agentes, os dois não explicaram o motivo da viagem, o que levou os policiais a fazerem uma busca pelo veículo.

Na verificação, eles encontraram cintas corporais e desconfiaram que o casal pudesse estar escondendo dinheiro, encontrando os bolos de notas de dólar ao revistarem a mulher ? presa após não conseguir comprovar ou explicar a origem do montante.

Ela e o acompanhante, que não tiveram a identidade divulgada, são de Criciúma (SC) e não tinham antecedentes, segundo nota divulgada pela PRF em seu site.

O casal foi encaminhado à Polícia Judiciária Federal por crime financeiro, mas não foram fornecidos mais detalhes sobre sua atual situação.

Os dólares e o carro em que eles viajavam foram apreendidos e estão à disposição da Justiça.

Os envolvidos não tiveram as identidades divulgadas. A reportagem ainda não conseguiu confirmar os nomes dos envolvidos e pedir manifestação em defesa deles por parte de seus representantes legais.