SÃO PAULO, SP (UOL-FOLHAPRESS) - Um homem de 27 anos foi preso após esfaquear duas crianças, de 10 e 12 anos, por causa do barulho feito dentro da casa delas em Contagem (MG).

O caso foi registrado na noite de ontem no bairro Retiro.

À Polícia Militar, a mãe das vítimas afirmou que o suspeito reclamava constantemente que as crianças faziam barulho e dizia que jogaria água fervendo nelas como castigo.

Segundo a mulher, o suspeito invadiu a residência das vítimas quando a mãe delas foi até a porta.

Ele encontrou o menino mais velho, de 12 anos, e o esfaqueou. Quando a criança mais nova foi socorrer o irmão, também levou facadas.

As crianças foram levadas para uma Unidade de Pronto Atendimento de Contagem, onde receberam os primeiros socorros.

O menino mais novo ficou sob observação no local com lesões nos braços, cabeça e na região do pescoço.

A criança de 12 anos teve perfurações no peito, nos dois pulmões, na clavícula, tímpano, mãos, pescoço, orelhas e até mesmo no couro cabeludo. Por causa da gravidade dos ferimentos, ele foi transferido para o Hospital Municipal de Contagem, onde continuava internado na manhã de hoje.

O suspeito fugiu do local do crime e foi encontrado na frente de uma casa em construção após denúncia anônima.

Ele afirmou aos policiais que tinha bebido e que "se desentendeu" com a mãe das crianças, sem dar mais informações.

Com um corte na mão, o suspeito passou por atendimento médico e foi levado à delegacia de plantão.

O UOL entrou em contato com a Polícia Civil de Minas Gerais para saber se o suspeito continuava preso na manhã de hoje, mas não recebeu retorno sobre o assunto até o momento.