CURITIBA, PR - RIO DE JANEIRO, RJ (FOLHAPRESS) - Os corpos de dois homens que estavam desaparecidos no rio Uruguai, na fronteira do Brasil com a Argentina, foram encontrados na manhã desta segunda-feira (23), no Rio Grande do Sul. Outras três pessoas também morreram no naufrágio e três conseguiram se salvar.

O barco onde os oito estavam virou depois de uma tempestade, por volta das 17h30 de sábado (21), no município de Alecrim (RS), a 530 quilômetros de Porto Alegre. A embarcação levava cinco adultos e três crianças.

Nesta segunda, por volta das 7h, foram encontrados Jorginho Valdemir Machado, 44, e Siderlei Pimentel, 40. Ainda no sábado, os bombeiros já haviam localizado os corpos de Sinara Bogler Kuhn, 47, Noeli Ceconi da Silva, 39, e Davi Pimentel, 7.

Uma mulher de 40 anos e duas meninas, de 5 e 8 anos, foram resgatadas com vida, confirmou o Corpo de Bombeiros Militar do Rio Grande do Sul.

As buscas envolveram viaturas, barcos, mergulhadores e uma aeronave da corporação, informou a Secretaria de Segurança Pública.

"A SSP se solidariza com a família das vítimas deste triste acidente e com a comunidade de Alecrim, se colocando inteiramente à disposição para ajudar no que for necessário", disse a secretaria, em nota.

"Equipes do CBMRS estão no local finalizando os trabalhos e procedimentos necessários."

A ligação entre as vítimas e a cidade de origem delas ainda não foi confirmada pelas autoridades.