A Polícia Federal em São Paulo realiza nesta sexta-feira (27) mais uma fase da Operação Horizonte, destinada a facilitar o atendimento e regularizar documentos de imigrantes em situação de vulnerabilidade. O objetivo da ação é reduzir a fila de espera para atendimento na Polícia Federal.

Essa quinta fase da Operação Horizonte irá durar até o dia 14 de abril e prevê atendimentos para os imigrantes que estejam solicitando refúgio, registro de refugiado reconhecido pelo Comitê Nacional para os Refugiados (Conare), acolhida humanitária, autorização de residência ou até emissão de segunda via da Carteira de Registro Nacional Migratório (CRNM), entre outros.

A Operação Horizonte é fruto de uma parceria entre a Polícia Federal, o Centro de Integração e Cidadania do Imigrante (CIC do Imigrante), a Agência da ONU para Refugiados (ACNUR) e a Agência da ONU para as Migrações (OIM) para prestar atendimento gratuito, orientação e encaminhamento para regularização migratória com data marcada na PF. Durante a operação, serão atendidas pessoas que já tenham passado por uma triagem inicial e que sejam encaminhadas em datas preestabelecidas pelo CIC do Imigrante.

Mais informações sobre essa fase da operação e a lista de serviços e de documentos necessários podem ser encontradas neste link.

Tags:
Direitos Humanos | Documentos | Imigrantes | Operação Horizonte | Polícia Federal | Vulnerabilidade