Quando a páscoa é mais do que comer chocolate Arcebispo de JF ressalta que a páscoa é período de renovação e acredita que lado comercial tem deixado o significado da data de lado

*Colaboração: Thiago Werneck
Design: Laura Martins Ferreira
Abril/2007

Dom

Uma páscoa que transmita o sentido de renovação para a todas as pessoas. Essa é expectativa do Arcebispo de Juiz de Fora, Dom Eurico dos Santos Veloso, que afirma estar preocupado com o sentido comercial que páscoa e o natal têm ganhado. "Isso faz com que a maioria das pessoas esqueçam o verdadeiro significado de dias importantes para igreja. Hoje o valor espiritual fica esquecido e a maioria das pessoas só quer saber de comer o chocolate, fazer seu jejum, sem se preocupar com sentido de renascimento", afirma.

Segundo Dom Eurico, a data não pode ser vivida apenas com chocolates, jejuns e abstinência de carne. "Esse é um momento em que todos devem viver seu lado espiritual. Temos que lembrar que Cristo ressuscitou e que Ele continua entre nós. Cristo ressuscita a cada dia dentro de cada cristão", comenta.

Jesus Dom Eurico destaca que a ignorância religiosa ainda é muito grande em todo país."Somos todos um pouco culpados porque achamos que a comunidade cresce sabendo desses simbolismo. E na verdade isso não acontece mais. Estamos com um catecismo muito fraco e a comunidade cresce sem saber nada sobre símbolos como ovo e o coelho. Eles simbolizam como Cristo saiu do sepulcro e como que Ele ressuscitando colocou as coisas no lugar", conta.

O Arcebispo ressalta que o jejum não deve ser levado ao "pé da letra"."O importante não é ficar sem comer o dia todo, mas sim fazer um sacrifício, abrir mão de algo que goste muito. Somos livres para escolher a penitência que queremos fazer. O importante é transformar algo simples em sagrado" diz.

Ainda sobre o assunto, Dom Eurico lembra que ninguém é obrigado a comer carne de peixe. "A pessoa deve deixar de comer alguma coisa, não precisa ficar com fome. O jejum devia ser o seguinte: Não compro a carne e o dinheiro que economizo repasso para alguma entidade que trata de pessoas carentes" comenta.

Como viver a páscoa de forma espiritual

Para viver de forma espiritual todo essa memória da ressurreição de Cristo, o Arcebispo ressalta que é importante participar de todo Tríduo Pascal."É o momento mais importante, onde encerramos a quaresma, relembramos o episódio da Santa Ceia, recordamos a Paixão e Morte de Cristo e celebramos sua ressurreição.", explica.

O Tríduo Pascal começa nesta quinta-feira, dia 05 de abril, com a celebração da cerimônia de Lava-Pés que lembra quando Jesus lavou os pés dos seus apóstolos em sinal de humildade e serviço. A sexta-feira santa, dia 06 de abril, é marcada pelo silêncio, jejum e oração em respeito a morte de Cristo com a celebração da Paixão do Senhor. Já no sábado, dia 7 de abril é celebrada a Vigília Pascal na espera da ressurreição de Jesus.

 


*Thiago Werneck é estudante de Jornalismo da UFJF.


Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.