Segunda-feira, 31 de agosto de 2009, atualizada às 19h16

Anunciados mais dois óbitos suspeitos de gripe A em Juiz de Fora

Aline Furtado
Repórter

Foram confirmadas, nesta segunda-feira, dia 31, pelo Comitê Municipal de Enfrentamento a Gripe A (H1N1), mais duas mortes suspeitas de terem sido provocadas pelo vírus H1N1, responsável pela gripe A. Os dois óbitos aconteceram no último sábado, dia 29, no Centro de Tratamento Intensivo (CTI) do Hospital João Penido.

Trata-se de um homem de 47 anos, imunodeprimido, portador de diabetes, que teve material coletado e encaminhado à análise, além de ter feito tratamento com o medicamento Tamiflu. A outra morte foi de outro homem, de 70 anos, que também teve material coletado e recebeu o mesmo medicamento.

Com o registro destes dois novos casos, sobe para quatro o número de óbitos suspeitos, em Juiz de Fora, devido à gripe A. A cidade contabiliza quatro casos confirmados da nova gripe. Existe um total de 24 pacientes internados, sendo seis em centros de terapia intensiva e 18 em enfermarias. 

Ambulatório

O início do funcionamento do novo ambulatório especializado no tratamento de pacientes com suspeita de possuírem o vírus que causa a Influenza A, marcado para esta segunda-feira, dia 31, foi adiado devido a questões logísticas. A finalização depende da colocação de mobiliário e da instalação de ramais de telefone no  local. A previsão é de que as atividades do novo ambulatório tenham início ainda nesta semana. O estabelecimento vai funcionar no antigo Pronto Socorro, localizado no cruzamento da rua Antônio José Martins com a avenida dos Andradas, no Centro.

Os textos são revisados por Madalena Fernandes

 

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.