Instituto Mineiro de Agropecuória da Zona da Mata recebe 14 carros

Por

Os carros atenderão os municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa e Visconde do Rio Branco

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
23/3/2012

Foto: Omar Freire / Imprensa MG

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) da Zona da Mata recebeu 14 veículos, para serem utilizados pelas coordenadorias regionais e escritórios seccionais do órgão, na manhã desta sexta-feira, dia 23 de março. Os carros auxiliarão os trabalhos de fiscalização nos municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa, Visconde do Rio Branco e entornos.

Em todo o Estado, foram doados 135 carros para o IMA. Foram investidos R$ 6 milhões na aquisição de todos os veículos, sendo R$ 1,2 milhão do Governo de Minas e R$ 4,8 milhões do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Dos 135 veículos, 106 serão utilizados nos trabalhos do sistema de vigilância animal do IMA. Os demais serão destinados à área vegetal.

O Sistema de Vigilância Sanitária Animal do Instituto tem o objetivo de prevenir, controlar e erradicar as doenças animais. São combatidas enfermidades como febre aftosa, peste suína clássica, brucelose e tuberculose, influenza aviária e raiva. Já o Sistema de Vigilância Sanitária Vegetal é responsável pela prevenção e controle de pragas, fazendo, também, a vigilância e fiscalização do trânsito interestadual de vegetais.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

">

Instituto Mineiro de Agropecuária da Zona da Mata recebe 14 veículos

Os carros atenderão os municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa e Visconde do Rio Branco

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
23/3/2012

Foto: Omar Freire / Imprensa MG

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) da Zona da Mata recebeu 14 veículos, para serem utilizados pelas coordenadorias regionais e escritórios seccionais do órgão, na manhã desta sexta-feira, dia 23 de março. Os carros auxiliarão os trabalhos de fiscalização nos municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa, Visconde do Rio Branco e entornos.

Em todo o Estado, foram doados 135 carros para o IMA. Foram investidos R$ 6 milhões na aquisição de todos os veículos, sendo R$ 1,2 milhão do Governo de Minas e R$ 4,8 milhões do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Dos 135 veículos, 106 serão utilizados nos trabalhos do sistema de vigilância animal do IMA. Os demais serão destinados à área vegetal.

O Sistema de Vigilância Sanitária Animal do Instituto tem o objetivo de prevenir, controlar e erradicar as doenças animais. São combatidas enfermidades como febre aftosa, peste suína clássica, brucelose e tuberculose, influenza aviária e raiva. Já o Sistema de Vigilância Sanitária Vegetal é responsável pela prevenção e controle de pragas, fazendo, também, a vigilância e fiscalização do trânsito interestadual de vegetais.

Os textos são revisados por Mariana Benicá

Instituto Mineiro de Agropecuária da Zona da Mata recebe 14 veículos

Os carros atenderão os municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa e Visconde do Rio Branco

Envie a sua foto pelo link SUA NOTÍCIA, clique aqui
23/3/2012

O Instituto Mineiro de Agropecuária (IMA) da Zona da Mata recebeu 14 veículos, para serem utilizados pelas coordenadorias regionais e escritórios seccionais do órgão, na manhã desta sexta-feira, dia 23 de março. Os carros auxiliarão os trabalhos de fiscalização nos municípios de Bicas, Cataguases, Juiz de Fora, Lima Duarte, Muriaé, Ponte Nova, Rio Pomba, Ubá, Viçosa, Visconde do Rio Branco e entornos.

Em todo o Estado, foram doados 135 carros para o IMA. Foram investidos R$ 6 milhões na aquisição de todos os veículos, sendo R$ 1,2 milhão do Governo de Minas e R$ 4,8 milhões do Ministério da Agricultura, Pecuária e Abastecimento. Dos 135 veículos, 106 serão utilizados nos trabalhos do sistema de vigilância animal do IMA. Os demais serão destinados à área vegetal.

O Sistema de Vigilância Sanitária Animal do Instituto tem o objetivo de prevenir, controlar e erradicar as doenças animais. São combatidas enfermidades como febre aftosa, peste suína clássica, brucelose e tuberculose, influenza aviária e raiva. Já o Sistema de Vigilância Sanitária Vegetal é responsável pela prevenção e controle de pragas, fazendo, também, a vigilância e fiscalização do trânsito interestadual de vegetais.

Os textos são revisados por Mariana Benicá