• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Dicas para a sua cozinha Deixar esse local arrumado e bem limpo facilita

    Renata Solano
    *Colaboração
    30/11/07

    Você sabia que a cozinha é também um local que transmite energia para a casa, para os alimentos e para você mesmo? Por isso, é importante tomar alguns cuidados com esse ambiente.

    Procure deixar sua cozinha sempre limpa, arrumada e bonita. Após preparar as refeições a dica é nunca deixar de lavar a louça e limpar o fogão a pia e o chão. Lembre-se que lixo é sinal de energia estagnada e a cozinha é um local de riqueza, portanto, sempre deixe sua lixeira vazia.

    A arrumação é fundamental na cozinha e ela pode ser feita de acordo com a personalidade do indivíduo. É possível encontrar instrumentos e uma forma de organização que facilite seu trabalho e possibilite um praticidade maior.

    Por isso, a escolha dos móveis pode influenciar bastante. O mais importante é escolher produtos que sejam práticos, seja aqueles com muitas gavetas, cestos, estantes giratórias, prateleiras extraíveis altas e baixas, suportes para aspiradores, lixeiras divididas para reciclagem; tábuas de cortar ocultas, organizadores de utensílios, entre outras. Hoje em dia, a escolha é praticamente ilimitada.

    Funcionalidade

    foto Raquel Fraga Trata-se de uma parte da casa especificamente usada para o preparo de alimentos e sua degustação. Os equipamentos mais comuns de uma cozinha são forno, forno de microondas, pia, armários, fogão, geladeira e mesa. Cada um desses utensílios devem ser escolhidos, não só pela beleza, mas pela praticidade, porque é ela que facilita o trabalho durante o processo de cozinhar e também durante o processo de limpeza e arrumação.

    No entanto, nem sempre a cozinha tem somente a função de ser um espaço de preparar a comida, mas também de ser o centro de outras atividades, como a convivência entre a família durante as refeições ou, se ela divide espaço com a lavanderia, torna-se um espaço onde lavar, secar e passar roupa é comum.

    A arquiteta e decoradora Raquel Fraga (foto acima) acredita que o mais importante para deixar sua cozinha arrumada e aconchegante é trabalhar com cores claras. "O ideal é revestir as paredes com azulejos em tons mais claro, porque assim dá para identificar os focos de gordura, por exemplo. Para o chão, o piso pode ser mais escuro porque senão qualquer sujeira fica evidente, então a pessoa pode ficar o tempo todo preocupada em limpar o cisco que caiu no chão e, não vai se sentir confortável de andar pelo ambiente e deixar outras pessoas entrarem", explica Raquel.

    No entanto, se quiser dar um colorido no ambiente, é possível. "Pode-se escolher enfeites e utensílios com cores fortes como o verde, o laranja, o vermelho, que dão um charme para a cozinha, o importante sempre é agradar o cliente buscando, dentro do que ele quer, alternativas com bom gosto e preços acessíveis", comenta.

    Luz e ventilação

    foto cozinha Lenny Barros Uma boa iluminação e ventilação conferem conforto e praticidade à cozinha. A iluminação natural é indispensável, por isso, geralmente a janela deve ficar em cima da pia.

    "A janela, não substitui a luz artificial, somente facilita a entrada de iluminação do ambiente, o que facilita na hora da limpeza e na leitura de embalagens dos alimentos. A luz fria é indicada porque não emitir calor nem gerar sombras", esclarece a arquiteta.

    A opção, para obter uma boa ventilação é trabalhar com uma arquitetura que permita o relacionamento entre portas e janelas. "O ideal é que as saídas de ar estejam constantemente viradas para fora da residência, impedindo o acúmulo de gordura nos demais cômodos, orienta Raquel.

    Cuidados com a parte hidráulica

    "Se for instalada tubulação para água quente, deve-se preferir tubos e conexões de cobre devido à alta resistência do material. Registros e torneiras devem ser sempre de boa qualidade, minimizando a ocorrência de problemas posteriores como vazamentos e infiltrações", afirma Raquel.

    Além disso, é importante preocupar-se com a instalação da caixa de água que abastece a residência, o correto seria instalar no ponto mais alto da casa, garantindo uma satisfatória pressão da água.

    O revestimento

    A escolha do piso, dos azulejos e, ou tintas da parede são fatores que influenciam no bem estar e na agradabilidade do ambiente, portanto é fundamental tomar cuidados na sua escolha.

    "O piso deve ser, de preferência liso, porque os porosos dificultam a limpeza uma vez que aumentam a fixação da gordura. Mármore, granito ou diversos tipos de cerâmica ou azulejos são os mais recomendados para essa área da casa", orienta Raquel.

    Pode-se escolher madeira para fazer o acabamento de bancadas e balcões, no entanto, ela deve ser impermeabilizada. "O aço inox ou o granito asseguram maior durabilidade, mas se for usado com os devidos cuidados, a madeira dá um ar agradável", comenta Raquel.

    "Os armários em alvenaria são práticos e bonitos, mas o revestimento é essencial. As tintas a óleo são mais econômicas. O laminado é o mais usado e indicado em função de sua praticidade", afirma a arquiteta.

    *Renata Solano é estudante de Comunicação Social da UFJF


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.