Nome do Colunista Luiz Henrique Duarte 1/04/2016

Detalhes que fazem a diferença na decoração

É sempre válido na decoração dos ambientes, dedicar algum elemento decorativo para fazer à diferença. Os detalhes exaltam o bom gosto e a personalidade dos usuários. Em um projeto de interiores, a estética deverá contextualizar todo o espaço, tornando-o atraente, acolhedor e envolvente.

Detalhes

Detalhe, é tudo aquilo que é minucioso, particular, com características próprias que falam por si. Poderá adquirir uma característica peculiar, de acordo com o contexto abrangente. Na nossa síntese, detalhes em design de interiores, é tudo aquilo que estabelece diálogo com o espaço vigente, seja na sua arquitetura ou na decoração.

Criando

A fonte segura e circunstancial para criar e delinear os detalhes de algum espaço é saber exatamente o que deverá ser inserido e como inserir, de forma simples, objetiva e direta, algum elemento que chamará a atenção. O único cuidado que deverá ser observado, será para não poluir o ambiente e evitar detalhes minuciosos.

Introduzir

Os detalhes deverão ser introduzidos sutilmente no projeto para tornar o ambiente aconchegante e confortável para as pessoas que compartilharão dele. Os detalhes precisam de corresponder com a atmosfera do ambiente, seguir o mesmo estilo, ilustrar o lado lúdico, sensibilizar os olhares, e, o mais importante, gerar o conforto dos usuários e garantir o bem estar e a praticidade.

Dicas: Evite utilizar detalhes que prejudiquem a ergonomia e a locomoção dos usuários, colocando em risco o corpo humano e a saúde.

Uma pequena mudança no mobiliário já é um detalhe.

Como fazer

No mundo contemporâneo, todo projeto de interiores deverá ser elaborado de acordo com um briefing e um programa de necessidades, através de uma avaliação, de acordo com as prioridades dos usuários e suas reais condições, o tipo de ambiente, o estilo, a personalidade, para depois criar os detalhes que irão garantir o "acabamento" do espaço. São os detalhes que garantem à vida e a sintonia com o ambiente.

Após esse planejamento, os detalhes deverão surpreender e poderá ser observado no mobiliário, na paleta de cores, nos quadros, vegetação, tapetes, acessórios decorativos, lustres e pendentes, revestimentos, cortinas, além de vários outros itens.

Ideias

Um móvel de família já é um detalhe afetivo. A moldura de um espelho é outro detalhe visível, como a bandeja com garrafas ou um vaso de vegetação. Os nichos de uma estante ou divisões de uma bancada de cozinha também são detalhes. A iluminação também configura como uma outra forma de detalhe. Tudo que é diferente, inusitado é detalhe.

Faça você

Se deseja você mesmo fazer ou introduzir detalhes a partir da decoração que já possui, troque seus móveis de lugar ou estabeleça um novo layout para algum ambiente de sua casa, crie e invente possibilidades, ouse na hora de expor seus quadros e acessórios decorativos.

As fotos ilustram nossas dicas e sugestões.


Luiz Henrique Duarte é Bacharel em direito, designer de interiores graduado, jornalista apaixonado por arte clássica e contemporânea, boa música, arquitetura e tudo relacionado à estética do bem viver.

Os autores dos artigos assumem inteira responsabilidade pelo conteúdo dos textos de sua autoria. A opinião dos autores não necessariamente expressa a linha editorial e a visão do Portal ACESSA.com

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.