• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Aparadores garantem uma decoração harmoniosa Móvel é muito versátil. Entretanto, vale ter cuidado na hora de escolher o modelo, o material e as peças para decorá-lo

    Daniele Gruppi
    Subeditora
    19/3/2010

    Os aparadores são verdadeiras apostas na decoração de interiores. Além de práticos, garantem a harmonia do ambiente. Entretanto, é preciso atenção para escolher o formato e o material, já que o mercado oferece diversas opções. Vale ainda ter cuidado na hora de decorá-lo.

     A arquiteta Aline Andrade explica que a grande vantagem do móvel é a sua versatilidade. “Por ser uma mobília de porte médio, não ocupa muito espaço e pode suprir perfeitamente as funções de outros móveis, como buffet, bar e mesa lateral.” Outra função do aparador é conferir organização à casa. “É bastante utilizado para dividir dois ambientes ou dar acabamento para os fundos de um sofá que precise ficar no centro da sala.” A arquiteta Márcia Lanna acrescenta que o móvel já é usado há bastante tempo e nunca caiu em desuso. "Tem mil e uma utilidades, por isso, não sai de moda".

    Normalmente, o móvel é utilizado na sala de estar, mas pode também ficar numa sala de jantar e servir como um móvel de apoio durante as refeições. Aline diz que ele também é bem-vindo num hall de entrada, em composição com uma obra de arte ou objeto de decoração de destaque, como quadro, vasos e cristais. “Nos corredores, caso haja largura suficiente para colocá-lo, a peça pode agregar valor”, acrescenta.

    Aline ressalta que, para usar o aparador junto à janela, é preciso observar a altura do peitoril com relação à altura do tampo do aparador. “Este nunca deve estar acima do parapeito. Tanto por questão de segurança, para que os objetos não caiam da janela, quanto pela estética, pois a parede cria um fundo contra o qual os objetos ganham maior destaque. Um trecho de parede entre duas janelas é um lugar interessante.” Márcia ressalta que o aparador não é só utilizado nas residências, mas em clínicas, lojas e escritórios também.

    Aparador Aparador

    Como o mercado lança novidades do ramo moveleiro a cada dia, muitos consumidores ficam em dúvida quanto ao modelo que vão escolher para sua casa. Aline dá a dica para optar por um material resistente. “Como é um móvel de apoio, deve suportar sobrecargas e eventuais arranhões.” A madeira, seja maciça ou laminada, é sempre requisitada. Há peças com pés diferentes do tampo. “Os pés podem ser com vários materiais, como os metálicos. O vidro como tampo cria um efeito interessante, mas ele precisa ser temperado.”

    Segundo Márcia, materiais naturais, como a palhinha e a madeira de demolição, estão em alta. Já o ferro envelhecido caiu um pouco. "Se o ambiente for clássico, o aparador feito com ferro envelhecido pode ser usado, mas não é um material que está sendo usado ultimamente." A arquiteta diz que a tendência é aparador com design mais reto. "Móveis com vidro preto laqueado, com espelho e com detalhes com brilhos estão no auge."

    aparador aparador

    De acordo com a vendedora Débora Santos Jaernebay há peças com gaveta, com portas e com divisórias. “Muitos clientes procuram o aparador para usá-lo como divisória, porta-televisão, bar e para guardar CD e DVD.” Ela observa que o aparador tem sido procurado por jovens. “Antes vendíamos para pessoas mais velhas, mas neste período do ano em que estão começando as aulas na Universidade Federal de Juiz de Fora, muitos estudantes que estão montando apartamento buscam pela mobília.”

    No estabelecimento que a vendedora Luciana Moreira trabalha, o aparador é um dos móveis que lideram o ranking de vendas. “Quem quer móveis para a sala de jantar, acaba se interessando pela peça como um complemento.” A vendedora Silvânia Parma, que atua há 30 anos no ramo, diz que sempre trabalhou com o aparador, mas que de uns quatro anos para cá a procura aumentou. “Tem sido muito utilizado com quadro de espelho atrás.” As peças de madeira maciça variam entre R$ 500 a R$ 3.000. De MDF é possível encontrar com um preço mais acessível. Neste material, há peças saindo por R$ 190.

    Aparador Aparador
    Decoração

    Para decorar o aparador, é preciso atentar para as proporções dos objetos e a do móvel. Aline aconselha a usar objetos que mereçam mais destaque. “O aparador valoriza as peças de decoração, tende a chamar atenção pela altura e localização isolada dentro de um ambiente. Portanto, deve estar sempre organizado." Ela sugere copo de cristal, fotos, castiçais, vasos, quadros, dentre outros.

    Para Márcia, a decoração vai variar de acordo com o uso. "Se for usado como bar, indico bandejas com copo. Se for para a sala de jantar, um jarro com orquídeas ou um jogo de licor. Além disso, vale usar dois livros com uma bola de cristal e esculturas. Porta-retrato não está sendo muito usado, mas se a pessoa gostar, vale usar uns dois." Outra dica da arquiteta é não encher muito o móvel e sempre misturar as peças mais altas com as mais baixas.

     

    Os textos são revisados por Madalena Fernandes



    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.