• Assinantes
  • Autenticação
  • Casa

    Panela de pressão pode provocar acidentes domésticos O uso do utensílio requer cuidados desde a hora da compra.
    Colocar o alimento, a água e levar ao fogo não basta

    Daniele Gruppi
    Repórter
    18/08/2008

    A panela de pressão é um utensílio básico na cozinha de qualquer casa, entretanto, o seu uso requer cuidados para a prevenção de acidentes domésticos, como a explosão da panela, provocando prejuízos materiais e até afetando fisicamente pessoas que estejam próximas.

    A empresária Angelina Mendonça já vivenciou uma situação de risco quando uma moça que trabalhava com ela cozinhava o feijão. "Ela encheu muito a panela com feijão, o alimento cresceu, entupindo a válvula e houve uma explosão. A panela bateu no teto e voltou para o fogão, amassando-o todo. A tampa foi parar na copa. O teto ficou parecendo barro, de tanto feijão", lembra.

    O adjunto da assessoria de comunicação do 4º Batalhão do Corpo de Bombeiros (BBM), sargento da Silva, explica que deve ser colocado o volume de água e de alimento indicado no manual de instrução da panela, respeitando a capacidade indicada pelo fabricante. "Geralmente, o ideal é usar 65% da capacidade do utensílio, ou seja, em um recipiente com capacidade de cinco litros, deve-se colocar um volume de apenas três litros aproximadamente".

    Ele explica que não basta só colocar água e alimento na panela e levá-la ao fogo. Para ele, o cuidado deve começar desde a compra do objeto, que deve ter o selo do Inmetro. "Não é recomendável comprar de ambulantes, pois não há garantia de procedência, o que pode ser perigoso para quem vai utilizar o material".

    Foto de panela de pressão Foto de panela de pressão

    No uso diário, é preciso ficar atento ao colocar os condimentos, temperos e verduras na panela de pressão. Alguns desses condimentos ou até mesmo alimentos, podem provocar o entupimento da válvula. Enquanto a panela estiver no fogo, é preciso observar se a válvula está funcionando normalmente, se está aliviando ou não a pressão.

    Se a válvula não estiver liberando pressão, provavelmente está obstruída e o alívio deverá ser feito mecanicamente. "Um garfo ou uma faca pode ajudar a resolver". Para isso, basta levantar a válvula, com cuidado para não se queimar. Antes de abrir a panela, é fundamental verificar se está totalmente sem pressão. "Nunca force a tampa para abrir".

    É importante também observar o tempo de permanência no fogo. "Tem dona de casa que vai fazer outras tarefas e esquece o utensílio no fogo. É preciso, entretanto, ficar atento a toda e qualquer alteração em seu funcionamento". Caso haja dúvida, o conselho é desligar o fogo, deixar a panela esfriar, verificar o ocorrido, antes de reacender a trempe do fogão.

    Foto da tampa de uma panela de pressão Foto de panela de pressão Foto de panela de pressão sem a tampa

    Outro item que deve ser olhado é o posicionamento do cabo da panela. Para a segurança, o certo é ficar voltado para o interior do fogão e nunca para fora, evitando que, acidentalmente, a panela seja derrubada.

    Sargento da Silva afirma que após o uso da panela, os resíduos de gordura têm que ser removidos cuidadosamente da válvula de pressão para não ocorrer obstrução, no uso posterior. "A borracha e a tampa devem ser lavadas separadamente".

    Ele diz ainda que alguns fabricantes aconselham a não guardar a borracha na tampa, porque vai perdendo a elasticidade. É recomendado também efetuar a troca da borracha constantemente. O preço de uma panela de pressão pode variar de R$30* a R$350*.

    * Os preços foram fornecidos em agosto de 2008


    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720

    Comentários

    Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.