JF pode ter mais de dois mil títulos cancelados Prazo para regularização dos eleitores faltosos vai até abril

24/02/2007

Cerca de 2.600 juizforanos que não votaram nem justificaram ausência nas três últimas eleições consecutivas podem ter seus títulos eleitorais cancelados, caso não regularizem a situação até dia 26 de abril.

O prazo inicial é nesta segunda-feira, dia 26 de fevereiro.

O cancelamento diz respeito ao não comparecimento ao referendo do desarmamento, realizado em outubro de 2005, e aos dois turnos das eleições gerais de 2006 - cada turno é considerado uma eleição.

Juiz de Fora é a sexta cidade, entre os sete maiores colégios eleitorais do Estado, que tiveram mais faltosos nas três últimas eleições, perdendo para Belo Horizonte, Betim e Contagem (veja o quadro abaixo):

CIDADE TÍTULOS PASSÍVEIS DE CANCELAMENTO
Belo Horizonte
30.428
Uberlândia
4.708
Betim
3.839
Contagem
3.833
Uberaba
3.530
Juiz de Fora
2.638
Montes Claros
2.275

Para ficarem em dia com a Justiça Eleitoral, os eleitores devem comparecer ao Cartório localizado à Galeria Ali Halfeld, 16 - 2º andar, apresentando um documento que comprove sua identidade (obrigatório), o título eleitoral e, se for o caso, o(s) comprovante(s) de votação, de justificativa(s) ou de recolhimento de multa. Sem a apresentação de um desses comprovantes, o eleitor irá pagar uma multa, a ser fixada pelo juiz eleitoral, referente a cada um dos turnos que deixou de comparecer.

O não-comparecimento do eleitor que estiver nesta situação implicará o cancelamento automático de seu título. Caso o eleitor esteja no exterior e tenha o seu nome na relação dos faltosos, basta encaminhar, via Correios, um requerimento ao juiz eleitoral, acompanhado de cópia de documentos que comprovem a sua permanência em outro país.

Em Minas, podem ser cancelados 217.053 títulos de eleitores. Em 2005, foram cancelados em Juiz de Fora 2.174 títulos, num total de 346.596 eleitores.

Atenção:

A Justiça Eleitoral esclarece que os inadimplentes não serão convocados de forma individual, por telefone, carta ou e-mail. A divulgação da lista dos faltosos será feita pelos cartórios eleitorais, a partir de segunda-feira (26). Já a regularidade do título pode ser verificada pelo site do TSE na internet. A lista com os dados dos eleitores em débito com a Justiça Eleitoral (com nome, número de inscrição, data de nascimento e a quantas eleições não compareceu) é repassada pelo TSE a todos os cartórios eleitores do País, que a disponibilizam ao cidadão para consulta. A partir deste período (26/2 a 26/4), o eleitor terá um prazo de 60 dias para regularizar sua situação, sob pena de ter o seu documento eleitoral cancelado.

O PAE - Pólo de Atendimento ao Eleitor fica à Avenida Independência, 992. O telefone de contato é: (32) 3216-0237

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.