Sexta, 13 de abril de 2007, atualizada às 13h02

Servidores da UFJF fazem paralisação na próxima terça

O Dia Nacional de Luta dos Servidores Públicos Federais, 17 de abril, será marcado por paralisações em todo o país. Em Juiz de Fora, os funcionários técnico-administrativos da UFJF fazem ato público no pátio do Museu de Arte Moderna Murilo Mendes e assembléia geral logo após a manifestação.

"Vamos acompanhar as negociações a nível nacional e ainda não sabemos se haverá greve", afirma o coordenador de comunicação do Sindicato dos Trabalhadores em Educação Pública (Sintufejuf), José Fanias Lima.

Além da campanha salarial, a classe reinvidica a exclusão do projeto de Lei Complementar (PLP) nº 01/07, contido no Programa de Aceleração do Crescimento (PAC) do Governo Federal. "A PLP limita as despesas com a folha do servidor federal e permite reajustes de apenas 1,5%, o que significa que não poderemos recuperar as perdas salarias", observa Lima.

Já os professores da UFJF, aproveitam a data para uma assembléia geral às 9h, no Anfiteatro de Estudos Sociais. "Não haverá paralisação das atividades. As aulas acontecem normalmente", ressalta o presidente da Associação dos Professores da UFJF (Apes/JF), Marcos Freitas. Na pauta, estão o projeto Universidade Nova e a campanha salarial.

Conteúdo Recomendado

Comentários

Ao postar comentários o internauta concorda com os termos de uso e responsabilidade do site.