• Assinantes
  • Autenticação
  • JF enfrenta surto de dengue Números sobem mais de 1000% se comparados a maio de 2006. Secretaria de Saúde pede apoio à população

    Renata Cristina
    Repórter
    18/05/2007

    O mutirão de combate à dengue continua suas atividades na próxima semana, devido os 127 casos confirmados em Juiz de Fora. De acordo com a Secretaria de Estado da Saúde (Ses), 220 notificações foram registradas em 2007, sendo que 30 delas aguardam os exames laboratoriais para a confirmação.

    Os números subiram em mais de 1000%, se comparados ao mês de maio do ano passado, em que nove casos haviam sido constatados.

    Em outras cidades do Estado a situação é ainda mais alarmante. O primeiro lugar do ranking fica com Teófilo Otoni, onde 2.884 casos foram notificados, com um índice de incidência de 2.261%.

    Na Zona da Mata, a cidade de Muriaé é recordista em número de notificações, com 438 registros. A capital mineira também amarga o 2º lugar no Estado, com um índice de 93%. Os índices são calculados pela Ses com base nos casos notificados por 100.000 habitantes. (Veja os números na tabela abaixo!)

    Neste ano, dois casos de febre hemorrágica foram confirmados no estado, sendo que uma morte ainda é suspeita. No ano de 2003, 83 pessoas tiveram este tipo de dengue, uma das maiores incidências do estado, sendo que uma delas chegou ao óbito. Só no ano passado, foram 15 confirmações e três mortes.

    Ações

    A Secretaria de Estado da Saúde (Ses-JF) pede para que a população colabore nas ações de combate à dengue (leia a matéria!). "Melhor do que o trabalho de prevenção dos técnicos são as medidas tomadas dentro de casa", observa o médico epidemologista Paulo Tavares, referência técnica da dengue na Ses/JF.

    No dia 22, de 6h às 10h, o caminhão do "fumacê" irá passar pelas ruas dos bairros Fábrica, Cerâmica e parte do Esplanada. Já no dia 23, são os bairros São Dimas e Monte Castelo que recebem a visita. A ação se repete nos dias 24 e 25, totalizando dois ciclos por semana.

    A orientação é que os moradores deixem portas e janelas abertas, afastem pessoas e retirem pássaros e outros animais da frente das residências no horário da aplicação do produto. O fumacê é um tipo de inseticida ou larvicida capaz de matar o mosquito ou a larva do Aedes aegypti, respectivamente.

    Foto ACESSA.com

    Os dados correspondem ao período de janeiro a 23 de abril de 2007.

    Conheça nossos planos e serviços

    (32) 2101-2000

    A melhor internet está aqui!

    Conteúdo Recomendado

    Envie Sua Notícia

    Se você possui sugestões de pauta, flagrou algum fato curioso ou irregular, envie-nos um WhatsApp

    +55 32 99915-7720